Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A partir desta semana, a campanha chega às redes sociais com a divulgação de um vídeo na página de facebook da Prefeitura

Cb image default
foto arquivo: edição 2019

Durante todo este mês, o governo municipal de Nova Andradina está desenvolvendo diversas ações de reflexão e sensibilização para a importância de se proteger crianças e adolescentes do abuso e exploração sexual: a Campanha Maio Laranja, tem o propósito de incentivar às denúncias desse tipo de crime através de ferramentas importantes como o Disque 100 e Conselho Tutelar.

Este é o terceiro ano consecutivo que o município mobiliza a sociedade em torno desta temática. Tudo começou com a instituição do “Maio Laranja”, através do projeto de lei complementar n°. 11/2019, de autoria da primeira dama e ex-vereadora Joana Darc Bono Garcia. 

Cb image default
foto arquivo: edição 2019

As atividades são coordenadas pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, através da atuação da equipe do CREAS, em parceria com Semec (Secretaria de Educação, Cultura e Esporte), Conselho Tutelar, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

O símbolo da campanha é uma flor de cor laranja, como forma de recordação dos desenhos feitos na infância e lembrança da delicadeza e da necessidade de cuidado e proteção. Tendo a cor laranja presente no slogan e no símbolo da campanha, o mês de maio ficou conhecido como Maio Laranja.

A partir desta semana, a campanha chega às redes sociais com a divulgação de um vídeo na página de facebook da Prefeitura, em que a servidora do CREAS, Arlethe Paola, deixa um recado a todos os internautas. 

Cb image default
foto arquivo: edição 2019

“A violência pode estar em lugares que você nem imagina. Oriente sempre nossas crianças e adolescentes, que o corpo deles é algo que precisa ser protegido e cuidado. Neste mês de maio – maio laranja venha junto com a nossa equipe do CREAS, não se cale. Disque 100. Faça sua parte!”, diz Arlethe, em trecho do vídeo.

PGlmcmFtZSBpZD0iX2x0MDk0ZThhNSIgc3JjPSJodHRwczovL3d3dy55b3V0dWJlLmNvbS9lbWJlZC9TeEs2VmpyWUYxST9yZWw9MCZhbXA7YW1wO3Nob3dpbmZvPTAiIGZyYW1lYm9yZGVyPSIwIiBhbGxvd2Z1bGxzY3JlZW49IiI+PC9pZnJhbWU+

Também estão programadas abordagens educativas na área central, live para informar sobre a funcionalidade dos órgãos responsáveis no enfrentamento de violência sexual contra crianças e Adolescentes, palestras online (google meet) e diversos vídeos temáticos destinados às crianças, adolescentes e professores, que foram produzidos pela equipe de CREAS em parceria com a Semec.

A linguagem, a música e a mensagem, utilizados nos vídeos, contribuem para identificação de cada público alvo e incentivam a denunciar situações de abuso e violência sexual contra crianças e adolescentes, por meio de canais como o Conselho Tutelar e Polícia Militar.

De acordo com a secretária Julliana Ortega, em virtude da pandemia, as ações estão sendo realizadas, de forma remota, com notícias, publicações e divulgação de informações com temas relacionados à campanha. “A luta é de todos nós. São as nossas crianças. É o nosso futuro”.

CANAIS DE DENÚNCIA:

- Disque 100

- DISQUE 181

- 190

- CONSELHO TUTELAR - 67 9847-6600