Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, evento foi promovido na sexta-feira (31) em Nova Andradina

Cb image default
Foto: Bruno Seleguim

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com demais órgãos ligados à rede de proteção das crianças e adolescentes de Nova Andradina, promoveu na última sexta-feira (31) a 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências” os participantes avaliaram as atuais políticas de atendimento da criança e adolescente e propuseram novas diretrizes para os próximos anos.

Cb image default
Foto: Bruno Seleguim

A palestra foi ministrada pelo professor da UFMS, Paulo Paes, que apresentou o Regimento Interno e expôs as atuais diretrizes. Após o almoço, o público foi dividido em cinco grupos para elaboração de cinco propostas, cada grupo, que foram debatidas e inseridas no relatório final da Conferência. Na oportunidade também foi eleito um delegado que vai representar o município na Conferência Estadual.

O prefeito Gilberto Garcia prestigiou a cerimônia de abertura e afirmou que a sua preocupação é de garantir 100% das crianças nas creches, uma formação de qualidade para os estudantes matriculados nas escolas municipais e ensino profissionalizante, com o objetivo de preparar os jovens para o mercado de trabalho. “Estamos finalizando a construção de uma nova creche no Irman Ribeiro, que irá ampliar a capacidade de atendimento. Também vamos criar um programa de incentivo à amamentação, investir em cursos de formação profissional e outras ferramentas de ensino, aliadas à tecnologia e a informática, que decididamente vieram para transformar a educação”, frisou.

Cb image default
Foto: William Gomes

Segundo a secretária municipal de Cidadania e Assistência Social, Julliana Caetano Ortega, debates com participação social asseguram a oportunidade de selecionar prioridades que realmente representam os beneficiados. “Hoje é o dia de apresentarmos nossas ideias e propormos o que precisa melhorar”.

O presidente do CMDCA, Leandro Thomaz de Souza, comentou sobre a responsabilidade de todos no cuidado com as crianças e adolescentes. “Cada cidadão também é responsável e deve ter um propósito para fazer a diferença para nossas crianças e adolescentes”, salientou.

As propostas priorizadas influenciarão a elaboração de políticas públicas, projetos de lei e demais instrumentos e ações voltadas à promoção, à proteção e à garantia dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil.

Realizado no Centro de Convivência do Idoso, o evento também participaram da conferência, a primeira dama e vereadora Joana Darc Bono Garcia, o secretário de finanças e gestão, Emerson Nantes Mattos e o psicólogo Alessandro Leal Vilela Garcia, representante do poder judiciário, além da equipe do CRAS, conselheiros tutelares, diretores, professores, agentes de saúde, equipe dos projetos sociais e pessoas da comunidade.

As crianças e adolescentes dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Horto Florestal, Nova Casa Verde, Centro da Juventude, Coral PM Mirim, AABB Comunidade e os idosos do Conviver se apresentaram durante as atividades, abrilhantando o evento.