Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Projeto oferece muitos benefícios gratuitos, como atividades de sociabilização, além de participações em viagens da terceira idade.

Cb image default
Foto: João Cláudio

Sensível aos apelos da comunidade do distrito, o governo municipal estendeu as atividades do Projeto Conviver à terceira idade de Nova Casa Verde há quase 2 anos. Atualmente, são quase 70 idosos inscritos e que participam ativamente das ações desenvolvidas na sede do Centro de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos.

A tarefa do Projeto Conviver é desenvolver atividades gratuitas de valorização e inclusão da pessoa idosa na sociedade, consolidando uma política pública que atue na promoção dos direitos dos idosos, na cidadania e na qualidade de vida, contribuindo para um envelhecimento saudável.

As atividades são realizadas todas as sextas-feiras por uma equipe formada por 6 profissionais, nas áreas administrativa, educacional e cultural. O projeto atrai idosos em busca de interação social, lazer e diversão por meio de benefícios gratuitos como aulas de coral, dança, pilates, recreação, esporte, convivência e vínculos, além de participações em viagens da terceira idade.

No ano de 2019, ações até então promovidas na Cidade Sorriso, foram levadas ao distrito. Um belo exemplo disso foi a realização do tradicional baile que elegeu o Mister e a Miss Terceira Idade Nova Casa Verde. Em 2020, a meta é formar uma nova equipe de vôlei com atletas da comunidade.

Cb image default
Foto: João Cláudio

A dona Maria Rosa, de 73 anos, é integrante do coral do Conviver e disse que não vê a hora do projeto voltar as atividades neste ano. “Não esperava, a essa altura da vida, me divertir tanto. Para mim, é uma benção participar. Sou viúva, vivo a maior parte do tempo sozinha porque meu filho trabalha o dia todo. Então, eu ficava parada, isolada em casa. Já estou até agoniada com as férias do Conviver. Seja embaixo do sol quente ou da chuva, não perco um dia. Me divirto com todo mundo, o pessoal é ótimo, conheci muita gente boa. Não vejo a hora de retomar as atividades”, declarou a aposentada.

Essa e outras histórias são motivo de orgulho e felicidade para Gilberto Garcia. “Fico muito feliz por ver que os idosos se sentem bem e têm mais disposição ao participar deste projeto tão grandioso e que temos tanto apreço”, afirma o prefeito.

O Projeto Conviver retomará as atividades na primeira semana do próximo mês de fevereiro.