Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A realização é da Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em conjunto com o Conselho Municipal de Assistência Social

Cb image default
João Cláudio 

Com o tema central “Assistência Social, direito do povo e dever do estado, com financiamento para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, a abertura da 13ª Conferência Municipal de Assistência Social de Nova Andradina nesta segunda-feira (30) reforçou a importância das políticas socioassistenciais.

O prefeito Gilberto Garcia disse que é fundamental avaliar as políticas já implementadas e, principalmente, elencar propostas exequíveis do ponto de vista do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

Cb image default
João Cláudio

“Estamos em um momento delicado para a assistência social. Os desafios impostos pela pandemia foram enormes, aumentaram a demanda e as dificuldades de fornecer assistência básica às pessoas mais vulneráveis. Não tenho dúvidas, de que os problemas ocorridos no último ano exigiram ainda mais da rede de assistência e do governo municipal como um todo, responsável pela instituição de políticas públicas”, declarou.

Segundo a secretária de cidadania e assistência social, Julliana, a participação paritária dos representantes do governo e da sociedade civil é fundamental para o sucesso deste evento. “As conferências municipais são espaços para debate coletivo assegurando momentos para discussão e avaliação das ações governamentais. Nesta conferência serão deliberadas propostas que seguirão para os entes municipal, estadual e união, que são os responsáveis pelo financiamento da Assistência Social”, destacou.

Cb image default
Divulgação

A realização é da Prefeitura Municipal de Nova Andradina, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, em conjunto com o Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS.

Seguindo os protocolos de biossegurança, a solenidade de abertura foi prestigiada também pela primeira dama Joana Darc, presidente do legislativo, Leandro Fedossi, e vereadores Fábio Zanata, Márcia Lobo, Gabriela Delgado e Josenildo Ceará, presidente do CMAS, Milene Muniz Ricc, secretários Municipais Emerson Nantes (Finanças), Valter Valentim Pinto (planejamento), Julio Cesar Castro Marques (infraestrutura), Hernandes Ortiz (desenvolvimento) Giuliana Masculi (educação), representantes dos usuários, aposentados, conselheiros tutelares, instituições não-governamentais, entidades de controle social, entidade governamental, serviços gerais e trabalhadores e trabalhadoras do SUAS, educação, saúde, entre outros setores.

Antes das discussões, a palestrante Leidy Ferla, fez uma explanação sobre o tema da conferência. Em seguida, tiveram início os grupos de debates e as deliberações, onde serão extraídos os indicativos da plenária final da 13ª Conferência Municipal, que farão parte da composição das ações direcionadas à implantação e implementação do SUAS em Nova Andradina, compondo, também, o Plano Municipal de Assistência Social – PMAS e o Plano Plurianual – PPA.