Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Premiação foi realizada no Conviver, com participação de municípios da região

Cb image default
João Cláudio

As equipes de atletas da Terceira Idade de Nova Andradina, Rosana (com integrantes do distrito de Primavera) e Ivinhema participaram de jogos amistosos de vôlei adaptado na última sexta-feira (27).

A competição foi realizada durante os períodos diurno e vespertino no Ginásio de Esportes. Alunos do programa Pró-Jovem assistiram as partidas e se integraram as delegações de idosos no café da manhã, servido pela equipe da Semcias (Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social) através do Serviço de Serviços e Fortalecimento de Vínculos dos Idosos.  

Cb image default
Cogecom

O evento reuniu cerca de 90 atletas do sexo masculino e feminino. Segundo a secretária Julliana Ortega, a finalidade maior da competição foi a integração de convivência social entre os grupos, além de incentivar a hábitos saudáveis e a qualidade de vida da terceira idade. “Esses amistosos são importantes para que eles tenham essa vivência com idosos de outras cidades, se sintam valorizados e vejam que tem mais gente praticando vôlei adaptado. E também já nos serve de preparação para os jogos da melhor idade”, comentou a gestora.

Se dentro da quadra o clima foi de competição, do lado de fora os atletas da melhor idade mostraram verdadeiro espírito esportivo. "A rivalidade é só durante o jogo mesmo, dentro da quadra. Fora é muita amizade, todo mundo é amigo”,

Ex-centroavante da equipe de futebol de Ivinhema, Maurílio Morelli, de 72 anos, disse que rejuvenesce quando participa de momentos de lazer como este. “Estamos aqui para praticar um esporte e nos divertir. Se não tivesse esse lazer, já teria morrido. A gente vai enferrujando”, ressaltou, ao relembrar que já participou da Corrida de São Silvestre e até corrida de pedestre do Trabalhador em Nova Andradina em 11 edições. 

Cb image default
Cogecom

Há 12 anos no Conviver, Tereza de Oliveira (54) acredita que o objetivo maior é a união. “Vivemos em municípios tão próximos, mas ficamos distantes. Essas competições nos aproximam e ajudam a treinar para os jogos. E outra coisa: se a gente não pratica esporte, trava. A saúde é o principal benefício para todos nós”, comentou a atleta.

Após as partidas amistosas, foi realizado uma confraternização e a cerimônia de premiação no Centro de Convivência do Idoso, com a presença de todos os participantes e também de idosos de Nova Casa Verde.

Os resultados foram muito satisfatórios para a Cidade Sorriso. No masculino, Nova Andradina conquistou o título de campeã na competição, enquanto que o feminino ficou com o segundo lugar.