Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Solenidade de encerramento e entrega de certificados aos participantes da capacitação aconteceu nesta sexta-feira (31), no auditório do Paço Municipal

Cb image default
Bruno Seleguim

A Policia Militar de Mato Grosso Do Sul e o Governo Municipal de Nova Andradina através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social realizaram nesta sexta-feira (31) a solenidade de encerramento e entrega de certificados aos 47 policiais militares de Campo Grande, Ponta Porã, Fátima do Sul, Glória de Dourados e Dourados, além de membros da rede de enfrentamento da violência contra as mulheres de Batayporã e Nova Andradina.

Durante toda a semana passada, autoridades do poder judiciário, militares e especialistas em violência contra a mulher ministraram palestras e organizaram atividades com o propósito de abordar assuntos como sobre feminismo em sua perspectiva histórica; igualdade e violência de gênero, direitos humanos das mulheres, violência contra a mulher indígena, ética no atendimento à mulher, atribuição dos órgãos da rede de enfrentamento a violência contra a mulher, legislações protetivas e direito da família, Lei Maria da Penha, técnica policial na perspectiva do promuse e documentos do promuse.

Participaram da cerimônia, Gilberto Garcia, prefeito municipal, Luciana Azambuja, subsecretaria de Políticas Públicas para a Mulher do Estado de MS, coronel PM Tony Zerloti, diretor da Diretoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCOM – PMMS), Joana Darc Bono Garcia, primeira dama e vereadora, tenente coronel Josafá Pereira Dominoni, comandante do 8° BPM Nova Andradina e secretária Julliana Ortega.

Entrega da viatura e operacionalização do Promuse

Ao final da solenidade, foi realizada a entrega da viatura caracterizada que será utilizada no Programa Mulher Segura (Promuse) em Nova Andradina.

A partir de agora começa a operacionalização das atividades do programa, atuando em conjunto com o Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça e a Rede de Enfrentamento, buscando a quebra do ciclo de violência contra a mulher.

Se você é vítima ou conhece algum caso de violência doméstica ou familiar, denuncie através do 190, 180 ou diretamente na DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher). Em briga de marido e mulher se mete a colher sim!

Mais sobre o programa

O Promuse, é um programa que irá proporcionar um atendimento mais humanizado e com maior capacitação técnica às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, além de fiscalizar o cumprimento de medidas protetivas e promover visitas técnicas, além de quando necessário, encaminhar as atendidas pelo programa para a rede de atendimento e apoio. Esse programa foi idealizado e tem como coordenador estadual, o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Dominoni.