Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

O projeto é realizado na “Oficina dos Sonhos” onde acontecem 3 encontros semanais com palestras motivacionais, orientações de saúde, entre outras ações

Cb image default
Foto: William Gomes

Para o Governo Municipal de Nova Andradina, a valorização da infância começa já na gravidez, desde o pré-natal à realização de trabalhos terapêuticos, a exemplo do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Gestantes – SCFV “Oficina dos Sonhos”, mantido pela Prefeitura de Nova Andradina e desenvolvido através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (Semcias), onde as futuras mamães têm recebido todo o respaldo necessário neste período tão delicado de suas vidas.

Nesta segunda-feira, 23, na Casa da Gestante, foram entregues 16 kits de enxovais para as mamães que são atendidas no Serviço de convivência. O ato da entrega dos enxovais teve a participação da coordenadora da Casa, Luciana Aparecida Silveira, a secretária Julliana Ortega e a primeira dama e vereadora Joana Darc Bono Garcia.

A secretaria de Assistência Social, Julliana Ortega, afirma que este é um dos mais belos projetos do governo municipal, pois significa a valorização da construção do ser humano desde a sua gestação. “Essa linda iniciativa é de grande relevância para as nossas famílias, é a valorização da mulher gestante, muitas vezes em situação de abandono emocional e, sem dúvidas, da pessoa humana desde a sua concepção, que vai sendo embalada no carinho, na proteção construída através dos encontros, palestras e oficinas, ações que fortalecem os vínculos entre mãe e filho”, disse Julliana. 

Cb image default
Foto: William Gomes

Oficina dos Sonhos em 2019

Somente em 2019, foram atendidas mais de 70 mamães, que dentre outras atividades realizadas, receberam orientações de como cuidar da sua saúde do bebê, além de palestras e encontros motivacionais, cujo o objetivo está na conscientização e sensibilização da mãe, fortalecendo vínculos afetivos desde a gestação, bem como estimular o desenvolvimento de recursos próprios na facilitação da relação entre bebê e a família, antes e após o nascimento, além de trabalhar o lado emocional e físico das gestantes.

Cb image default
Foto: William Gomes

As mães participantes ingressam no SCFV através de inscrição nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS que abrangem o município. Os grupos têm uma rotatividade trimestral. São oferecidos ainda, serviços continuados de proteção básica às suas famílias, através do CRAS/PAIF, objetivando uma ação de valorização à mulher e à criança.

Com a realização de 3 encontros semanais (as segundas, quartas e sextas-feiras, no período vespertino), o projeto é desenvolvido na “Casa da Gestante”. No local, as futuras mamães participam de cursos de crochê, ponto cruz, pintura em fraldas o curso de costura moda bebê para que cada mãe tenha a oportunidade de confeccionar peças do enxoval de seu bebê, que são entregues ao final do trimestre com um Kit Bebê.