Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
Foto_Ilustrativa

Foram iniciadas nesta semana, as obras de construção do novo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), órgão ligado à Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social.

O prédio terá 247,61m² e está localizado na rua Edson Gonçalves Dias esquina com a rua Otogami Sass, no Residencial Francisco Alves, próximo a outras duas grandes construções - CRAS e CAPS - realizadas nesta gestão do prefeito Gilberto Garcia. 

Cb image default
Local da construção do CREAS

O valor total do investimento é de R$ 396.057,50 (trezentos e noventa e seis mil, cinquenta e sete reais e cinquenta centavos).

A obra é realizada com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social, através de emenda do deputado Dagoberto Nogueira, e Caixa Econômica Federal, com contrapartida da municipalidade. A secretária Julliana Ortega, responsável pela articulação decisiva junto ao parlamentar do PDT na obtenção desses recursos, comemorou o início das obras.

“O deputado tem sido um grande parceiro de Nova Andradina. Assumiu este compromisso no início do mandato, e que agora, está se tornando realidade. Após a conclusão da obra, a nossa equipe terá um espaço adequado para desempenhar seu trabalho e melhor atender aos usuários com segurança e conforto”, declarou a titular da Semcias, lembrando que o pedetista ainda é autor de outra emenda para a construção de uma sala acústica para ensaios da Banda Municipal Getúlio Vargas.

O CREAS é um dos serviços de maior complexidade da Rede Sócio Assistencial. A edificação contará com salas de atendimento individual, salas de atendimento familiar, sala técnica, sala de multiuso, copa, sanitários, além dos setores administrativos.

A construtora que venceu a licitação – C.E. Silvério Empreiteira de Mão de Obras Eirelli - tem até dezembro de 2020 para entregar a obra.

O CREAS oferece serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos, como violência física, psicológica, negligência, abandono, situação de rua, trabalho infantil, práticas de ato infracional, fragilização ou rompimento de vínculos, afastamento do convívio familiar, violência sexual.

Atualmente, o CREAS funciona num imóvel alugado, situado na Rua Santo Antônio, 1454, Centro, atendendo cerca de 20 a 25 pessoas diariamente.