Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Instalada há 1 ano e meio em Nova Andradina, empresa pretende expandir a marca para todo território nacional em 2 anos.

Cb image default
João Cláudio 

O prefeito Gilberto Garcia se reuniu com o diretor proprietário do Café Aroma Premium, Douglas Santinni, para conhecer detalhes do projeto de expansão da empresa, que planeja ampliar a produção de café para buscar novos mercados.

A matriz de torrefação e moagem de café está instalada em Nova Andradina há cerca de 1 ano e meio, funcionando num prédio alugado. A capacidade de produção atual é de 220 toneladas por mês de café torrado e moído, sendo destinada exclusivamente ao estado de Mato Grosso do Sul e norte do Paraná. 

Cb image default
João Cláudio

De acordo com o diretor Douglas Santinni, a empresa começou suas atividades em Ivinhema, mas optou por transferir sua sede para a Cidade Sorriso devido a dois fatores: a disponibilidade de mão-de-obra qualificada e estrutura logística. Até o momento, foram investidos cerca de 1 milhão e 200 mil reais em equipamentos e prospecção da marca.

“Devido alguns contratempos, atrasamos o início das operações. Hoje estamos a todo vapor, sendo que 100% de nossos produtos são industrializados aqui através de um sistema automatizado desde a torra ao empacotamento. A cidade pode sentir o aroma incrível do café torrado todos os dias”, comenta o jovem empreendedor.

A unidade conta com 22 funcionários distribuídos em 5 regiões do estado. A meta, a curto prazo, é estender a atuação para os estados de Mato Grosso e São Paulo. Em dois anos, divulgar e comercializar os seus produtos em todos os estados brasileiros para se tornar uma marca nacional. Além disso, a empresa está atenta as exportações tanto é que em março deste ano de 2020 conseguiu a habilitação e algumas operações já estão no radar.

Cb image default
João Cláudio

Agora, com o negócio em plena atividade, o proprietário do Café Aroma solicitou o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Integrado, para a doação de uma área no distrito industrial

“Somos gratos ao acolhimento e incentivos que sempre tivemos por parte dos governantes de Nova Andradina. Por isso, procuramos novamente o prefeito Gilberto Garcia e o secretário Hernandes para a execução deste projeto de expansão dos negócios”, informou Douglas.

O custo inicial para construção e aquisição de equipamentos na nova unidade industrial é de R$ 900 mil.

De olho na geração de empregos no setor, o prefeito Gilberto Garcia sinalizou com a possibilidade de atender ao pedido do investidor. “Nova Andradina está localizada numa região privilegiada, conseguimos fornecer uma logística de qualidade, agregando valor ao empreendimento. Não tenho dúvidas que essa condição estratégica, aliada aos investimentos públicos em infraestrutura como o novo aeroporto municipal irão atrair outras empresas”, encerrou o chefe do poder executivo de Nova Andradina.