Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Prédio passou por uma reforma geral e ganhou novas instalações para atender com dignidade e conforto magistrados, servidores e jurisdicionados

Cb image default
Divulgação

O vice-prefeito Newton Luiz Oliveira prestigiou a solenidade de entrega da reforma e ampliação do fórum da comarca de Nova Andradina realizada nesta manhã de terça-feira (20).

Em seu discurso, o representante do poder executivo municipal do município, parabenizou o Tribunal de Justiça de MS pela transformação estrutural do prédio do Fórum, adequando-o as demandas dos serviços do Judiciário, que conta atualmente com quatro varas instaladas, além do juizado especial adjunto.

“Diante de todas as inovações, reforma geral e ampliação da estrutura física, investimentos na adequação dos espaços à acessibilidade, modernização e informatização dos sistemas, a obra foi concluída com muita agilidade e eficiência, ainda mais se considerado que a comarca não deixou de atender os jurisdicionados. A nossa chamada Praça dos Poderes está mais majestosa e, não tenho dúvidas, que as novas instalações atenderão com mais dignidade e conforto magistrados, servidores e a população de maneira geral”, destacou o vice-prefeito.

Cb image default
Divulgação

Já o presidente do Tribunal de Justiça de MS, Des. Divoncir Schreiner Maran ressaltou a origem, a evolução da estrutura e o crescimento da comarca, que em 15 de outubro deste ano estava com 11.847 processos e procedimentos em andamento, dos quais 8.888 na Justiça Comum e 2.959 nos Juizados Especiais.

“O progresso traz consigo efeitos diretos que geram mais e novas demandas na justiça. Tenho me empenhado em dar eficiência à estrutura, investindo em inovações capazes de dar fluidez ao volume processual crescente, e investimos no desenvolvimento e valorização dos magistrados e servidores, verdadeiros responsáveis por fazer a justiça acontecer”, destacou o Des. Divoncir Schreiner Maran.

A juíza diretora do foro, Ellen Priscile Xandu Kaster Franco, agradeceu a administração do Tribunal de Justiça pelo prédio renovado, instrumento ideal para a atividade jurisdicional. “Como magistrada, acredito que a justiça é o último degrau de esperança do cidadão para garantia de seu direito. Por isso mesmo, aqui neste espaço buscamos assegurar aos nossos jurisdicionados o certo e o justo, com sensibilidade e respeito. Agradecemos à administração do Tribunal de Justiça por este investimento que dá nova forma ao nosso trabalho. Hoje ganham os servidores, os advogados, defensores e promotores, bem como os demais auxiliares da justiça. E, mais do que todos, ganha a população nova-andradinense, que sempre encontrará neste foro a atenção que aqui busca para a solução de seus conflitos”.

Participaram também da solenidade o delegado André Luiz Novelli, representando o governador Reinaldo Azambuja; o promotor de justiça Fabricio Secafen Mingati; representando o Ministério Público; o defensor público Edson Cardoso, representando a Defensoria Pública; a presidente da subseção de Nova Andradina da OAB/MS, Etiene Cíntia Ferreira Chagas; procurador geral do município, Jailson Pfeifer, os vereadores Quemuel Alencar, Amarelinho, Wilson Almeida e Ricardo Lima; os juízes Robson Celeste Candelório, Walter Arthur Alge Netto e Bruno Palhano Gonçalves, advogados, além de outras autoridades locais.

Cb image default
Divulgação

Obra – Ao custo de pouco menos de R$ 1 milhão, a obra de reforma com ampliação do prédio do Fórum da Comarca de Nova Andradina teve início no mês de março do ano de 2018. O local passou por uma reforma geral e teve sua área ampliada em 85,00 m², resultando em uma área total construída de mais de 1.470,00 m².

A ampliação proporcionou adequação nas estruturas dos gabinetes dos magistrados, que passaram a contar com espaços apropriados para as assessorias, bem como o melhor arranjo interno dos demais ambientes, com a instalação de salas para a realização do depoimento especial, videoconferência, sala para perícia, banheiro de apoio à sala secreta, interligação interna entre o Tribunal do Júri e a Vara Criminal, CEJUSC, mini refeitório, dentre outros.

Foram feitas diversas adequações no layout interno, inclusive instalação de portas para controle de acesso aos gabinetes, proporcionando assim maior segurança ao prédio, tendo sido também realizada a modernização da fachada do Fórum.

Todos os banheiros foram reformados, com troca de pisos, azulejos, louças e metais, com revisão de todas as janelas, portas internas e toda a cobertura, adaptações de banheiro para pessoas com deficiência, pintura geral e adequações gerais na parte elétrica.

O prédio conta ainda com estacionamento privativo para magistrados que recebeu acesso coberto, além de estacionamento para os funcionários e público, o qual recebeu pavimentação com blocos intertravados.

Como já ocorre há algum tempo nas obras do Judiciário de Mato Grosso do Sul, a edificação é plenamente acessível, sendo dotada de rampas, sinalização tátil de pisos e calçadas, além de banheiros adaptados para atender às pessoas com necessidades especiais.