Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
William Gomes

A Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Agência Municipal de Habitação (Agehnova), comunica que estão abertas as inscrições para o Condomínio do Idoso, projeto habitacional voltado exclusivamente a pessoas com mais de 60 anos.

O aposentado José Maria Gonçalves (77) e a amiga Rute de Souza Vaz (68) estiveram na Agehnova em busca de informações sobre o projeto. Viúvo, seu José, disse estar esperançoso de ser um dos beneficiados. “A gente paga aluguel. Estamos há mais de 3 anos aguardando uma casinha. Agora vai”, disse entusiasmado.

Enquanto isso, a amiga Rute, que é solteira, separava os documentos. “A gente é pobre, mas se ajuda. Vim aqui com o José para tentar conseguir um cantinho. Seria um sonho ter um lugar gostoso pra morar e conviver com outros idosos”, destacou.

O condomínio residencial exclusivo para as pessoas da terceira idade é um projeto idealizado pelo prefeito José Gilberto Garcia que irá oferecer um local digno, com conforto, boa convivência e qualidade de vida às pessoas com mais de 60 anos. São 10 blocos com um total de 20 unidades habitacionais. Em cada bloco, lado a lado (geminada), estão erguidas duas unidades habitacionais, com área total de 61,81m². Cada residência (30,91m²) conta com sala-cozinha, quarto, banheiro e varanda. O valor total do investimento é de R$ 577.822,83.

Em fase final de conclusão, o prefeito classificou o local como um centro de humanização, de respeito e de resgate da dignidade de uma população que muitas vezes ficou excluída das políticas públicas. “A experiência que Nova Andradina desenvolve vai despertar a atenção de outros municípios de MS ao dar o direito ao idoso de poder viver e não apenas sobreviver.

A principal diferença entre o Condomínio do Idoso e os demais programas habitacionais é que o município apenas transfere o usufruto do imóvel ao idoso. As inscrições que vão ocupar as casas serão feitas pela Agehnova, situada na Avenida Antonio Joaquim de Moura Andrade, n° 1010. Já a seleção dos idosos envolverá o Conselho do Idoso, CRAS e CREAS, que serão responsáveis pelas visitas aos inscritos e relatórios sociais para verificar as condições de vida e a real necessidade de cedência dos imóveis aos idosos.

Documentos necessários para a inscrição

- RG-CPF- Comprovante de endereço- Comprovante de renda- telefone de contato.

Cb image default
William Gomes

Os idosos interessados na permissão de uso das unidades habitacionais deverão preencher os seguintes requisitos:

• estar cadastrado pela Agência Municipal de Habitação de Nova Andradina (AGEHNOVA); residirem há mais de 2 anos no município;

• não serem proprietários de imóvel urbano e rural nos últimos 24 meses;

• unidades deverão ser constituídas, preferencialmente, por membros que sejam casados ou convivam em união estável por mais de 1 ano, sendo que, excepcionalmente, quando não houver interessados casados ou com companheiro, poderá ser ocupado por idoso individualmente;

• renda familiar mensal igual ou inferior a 2 salários mínimos;

• ter mais de 60 anos de idade; ser independente para as atividades da vida diária e ter autonomia física e mental;

• jamais terem sido contemplados por programas habitacionais com utilização de recursos públicos no âmbito federal, estadual ou municipal;

• a permissão de uso é gratuita, sendo proibido modificar, emprestar, locar ou ceder o imóvel. Também não é autorizada a implantação de barreiras arquitetônicas e urbanística nas residências e demais áreas do Condomínio, em razão da acessibilidade ao idoso;

• as residências não poderão possuir residentes permanentes com idade inferior a 60 anos, inclusive o cônjuge.