Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

A assembleia de criação desta associação deve acontecer na próxima quarta-feira, dia 25 de julho

Cb image default
João Cláudio

A Prefeitura de Nova Andradina, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico está auxiliando os feirantes, que todos os finais de semana comercializam produtos na Avenida José Heitor de Camargo, a criarem uma associação.

O objetivo é promover a união dos trabalhadores e a formalização da atividade, incentivar a comercialização de produtos de qualidade, além de estimular a troca de experiências entre os participantes e buscar soluções para problemas em comum.

Na tarde desta quinta-feira (12), a Semdi reuniu cerca de 50 feirantes para discutir a criação desta associação. A pedido do secretário, Hernandes Ortiz, a reunião foi conduzida pela consultora do SEBRAE/MS, Idete Mendes, que destacou as vantagens e benefícios dessa iniciativa.

Cb image default
João Cláudio

“É um anseio do grupo, que há anos trabalha na informalidade. Falamos sobre as vantagens de trabalharem dentro da legalidade, constituindo uma associação, em que estarão representados e unidos. A questão é trabalhar com planejamento, com organização, para que tenham um crescimento tanto como pessoa física, quanto pessoa jurídica (a Associação). O município e os consumidores também ganham”, esclarece a consultora.

Quem aprovou a iniciativa foi o feirante Hercules Emiliano Caos. Ele produz e comercializa verduras e diz que a associação vai fortalecer a Feira. “A iniciativa é muito boa por parte da Prefeitura, trazer-nos até aqui para fazer essa consultoria com o Sebrae e saber sobre as formas de associativismo, pois a partir do momento em que as barracas estiverem adequadas, organizadas, vamos conseguir comprar produtos a preços mais acessíveis, atrair mais clientes e movimentar mais o nosso negócio”, comenta. 

Cb image default
João Cláudio

E completa: “De forma organizada, também temos a possibilidade de pleitear recursos do governo municipal, estadual e federal. Enfim, vamos trabalhar para que a feira cresça, pois ela não é da Prefeitura e sim dos feirantes. Nós somos os maiores beneficiados”, completa o produtor.

Com a aprovação da proposta do governo municipal foi definida a data da realização de uma a assembleia para criação efetiva desta associação. Uma comissão foi formada para levar a frente a documentação, fazer a divulgação da convocação dos interessados, entre outras providências necessárias.

A assembleia deve acontecer na próxima quarta-feira, dia 25 de julho.

“A preocupação do governo é dar condições para os feirantes crescerem, de maneira organizada, observando a higiene e a limpeza do local, a qualidade dos produtos e do atendimento oferecidos aos consumidores. Com espírito coletivo, todos desejam melhorar, crescer no ramo, ter voz e representação, exercendo a cidadania, tudo isso é um avanço imensurável e tem o nosso apoio”, encerrou o secretário Hernandes Ortiz.