Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Material foi adquirido por meio da parceria com a Fundação Dorina Nowill e atenderá 05 alunos com deficiência visual, matriculados na rede municipal

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte de Nova Andradina por meio do Núcleo Municipal de Educação Especial Inclusiva - NUMESPI e da parceria com a Fundação Dorina Nowill para Cegos, recebeu 15 kits Lego Braille Bricks para serem utilizados com estudantes com deficiência visual matriculados na REME.

Foi ofertado aos professores, coordenadores e diretores, um curso de formação com duração de 100 horas, com a finalidade de conhecer e desenvolver estratégias pedagógicas utilizando o Lego Braille Bricks como ferramenta para inserção do sistema braile aos alunos com baixa visão e cego.

A rede municipal de ensino conta, atualmente, com 5 alunos com deficiência visual que contarão com mais esse recurso para desenvolver atividades que promovam a educação inclusiva com ênfase nos aspectos pedagógicos para pessoas cegas e com baixa visão.

O prefeito parabenizou a secretária pela iniciativa e destacou a importância da educação inclusiva nas escolas do município. “A maneira de acolher essas crianças é o grande diferencial para o desenvolvimento delas. Fico muito feliz por ver a equipe do NUMESPI trabalhando para promover a inclusão nas escolas da cidade com a melhor qualidade possível”, enfatizou Gilberto Garcia.

Mais sobre LEGO® Braille Bricks

Esse programa é formado pelo produto LEGO® Braille Bricks e pela metodologia de uso, sendo uma iniciativa globalmente inovadora da Fundação Dorina em parceria com a Fundação Lego, e com o apoio da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) e do Centro de Promoção para a Inclusão Digital, Escolar e Social (CPIDES), por meio do Curso de formação para educadores, onde foram adaptados as peças que representam o alfabeto Braille e a respectiva (letra/número) impressa, tornando-se um poderoso recurso no processo de alfabetização, inclusão e lazer de crianças com ou sem deficiência visual.