Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

As eleições escolares acontecem na próxima quarta-feira (21), a partir das 6h30, nas dependências das unidades de ensino.

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes de Nova Andradina realiza pela primeira vez no município, eleições diretas para a escolha dos diretores e diretores-adjuntos de escolas e centros de educação infantil da rede municipal de ensino.

Para o exercício e consolidação do princípio da gestão democrática nas escolas, a SEMEC convoca para participar das eleições escolares, que ocorrem na próxima quarta-feira (21), a todos segmentos com direito a voto, desde os pais de estudantes aos professores e administrativos, além de alunos com idade acima de 12 anos.

Organizada pela Comissão Central Eleitoral e Comissões Eleitorais de cada escola, responsáveis pela coordenação e fiscalização de todo processo eleitoral, as eleições ocorrem nas dependências de 15 unidades de ensino. Nos Ceinfs “Pequeno Príncipe”, “Elizabeth Robiano”, “Sonho de Criança” e “Monteiro Lobato” não haverá processo eleitoral por conta da unidade de ensino não ter diretor escolar e número de matriculados abaixo de 200 alunos.

Nas escolas com aulas em 3 turnos (“Luis Cláudio Josué”, “João de Lima Paes” e “Efantina de Quadros”), a votação terá início às 6h30 e encerramento às 19h30. Já nas demais unidades, o início está previsto para as 6h30 e fechamento das urnas às 18h. Em 4 escolas (“Brincando de Aprender”, “Pingo de Gente”, “Machado de Assis” e “Efantina de Quadros”) e 3 ceinfs (“Marly Moreti”, “Mundo Encantado” e “Paulo Fattor”), os aspirantes ao cargo de direção concorrem em chapa única. Nas demais unidades de ensino as disputas ocorrem entre duas chapas.

De acordo com o secretário Fábio Zanata, as eleições diretas atendem à legislação municipal, mais especificamente, ao artigo 19 da Lei 1.430/2018. Além disso, é um compromisso do governo municipal com os profissionais da educação.

“Ao adotar a gestão democrática nas escolas e centros de educação infantil municipais, a Prefeitura Municipal dá a oportunidade para que toda a comunidade escolar possa contribuir de forma direta para a melhoria da qualidade da educação de todos os estudantes matriculados na Rede Pública Municipal. Por isso, é fundamental a participação dos pais ou responsáveis, neste momento histórico e inédito no município”, declara o professor Zanata.

O edital com os procedimentos e condições para a realização das eleições diretas para a escolha dos diretores e diretores adjuntos das Unidades da Rede Municipal de Ensino foi publicado no Jornal Oficial do Município, nos termos da lei Municipal 1430/2018, de 12 de janeiro de 2018. Os eleitos assumem os cargos a partir de 2019.