Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Prefeito Gilberto Garcia e escritores locais prestigiam a abertura da 10ª edição do projeto de leitura Cultura de Mão em Mão

Cb image default
João Cláudio 

A apresentação do clássico infantil Branca de Neve pelos alunos da Escola Municipal Brincando de Aprender abriu a 10ª edição do projeto de leitura Cultura de Mão em Mão, realizado na Praça da Biblioteca Municipal, nesta quarta e quinta-feira, dias 24 e 25 de abril.

No local, foi montado um espaço lúdico com diversas tendas para exposições de livros de literatura infantil e infanto-juvenil, contação de histórias com fantoches e dramatização, apresentação cultural, cine leitura (leitura digital) com várias obras literárias, contos e poemas. Os prédios da Biblioteca Municipal e do Centro de Idiomas e Tecnologias também deram apoio na promoção de algumas atividades. 

Cb image default
João Cláudio 

O aluno do 3° ano da escola Arco-Íris, Heitor Nucci, estava entretido com o livro “O Ponto”, e contou ao prefeito Gilberto sobre a obra da escritora Patrícia Intriago. “Tem o ponto feliz, o ponto triste, o ponto ferido, e uma monte de tipo de ponto. É muito interessante. Eu gostei muito da atividade de hoje, porque eu gosto muito de ler e fico sabendo de coisas que eu não conhecia. É uma oportunidade também pra quem não sabe ler, de aprender”, disse, entusiasmado e sugerindo a leitura de outra obra para o amigo Lucas Almeida.

Sob a coordenação da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte de Nova Andradina, a ação é aberta à visitação das escolas e a participação de pais e da comunidade nova-andradinense em geral, das 8h30 às 17 horas, com o intuito de oportunizar a leitura e incentivar esta prática, possibilitando que tomem consciência de seu papel social e de seu direito à cidadania plena.

Cb image default
João Cláudio

Solenidade de abertura

A solenidade de abertura contou com a presença do prefeito Gilberto Garcia e da primeira dama e vereadora, Joana Darc Bono Garcia, secretário Fábio Zanata, da presidente da Funac, Ana Lucia Vasconcellos, equipe da coordenação pedagógica da Semec, professores, diretores e estudantes das escolas públicas e particulares.

Gilberto Garcia começou seu discurso perguntando à plateia quem já havia lido um livro. E a resposta veio com um sonoro: Euuuuuuu!!! Em seguida, falou da facilidade que hoje os estudantes têm para buscar o conhecimento através da leitura.

“Temos milhares de livros à disposição na Biblioteca e nas escolas. Nossos alunos têm acesso a internet e têm oportunidade de conhecer obras literárias disponíveis na rede digital. Quem lê, aprende mais, sabe mais, abre a cabeça, viaja pelo mundo. Adote um livro como amigo e tenham uma leitura muito boa”, desejou o prefeito.

Convidados especialmente para o evento, os escritores locais estiveram representados pelas professoras Laurecy Correia Tomazinho e Zenilde Osti de Oliveira, autoras do primeiro livro sobre o Município de Nova Andradina Integração Social, destinado aos alunos da 3ª série do 1°grau, datado do ano 1985. A edição faz parte do acervo histórico e cultural do Museu Municipal Antônio Joaquim de Moura Andrade. 

Cb image default
João Cláudio

A professora Laurecy contou um pouco sobre seu livro e ressaltou a importância da leitura na vida das pessoas, em especial, das crianças. “Este exemplar foi escrito há 34 anos, conta um pouco sobre a história do município. Muitas das mães das crianças que aqui estão nem eram nascidas. Então, minha mensagem é para que leiam bastante, gibis, historinhas, anúncios, livros de literatura e livros escolares. Só isso faz vocês crescerem com sabedoria, com a cabeça aberta para o mundo. Isso é o mais importante”, frisou a escritora, agradecendo pelo convite recebido e parabenizando a todos os envolvidos neste projeto de incentivo à leitura.

A escritora nova-andradinense Flávia Pimenta não pode participar do evento, mas ofereceu duas obras de sua autoria para sorteio, intituladas “No seu Sorriso” e “Como está a sua fé”.