Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Competição acontecerá em Nova Andradina neste final de semana prolongado, de 13 a 15 de novembro

Cb image default
Divulgação

A 2ª edição da Copa Cidade Sorriso de Futebol de Base, realizada em Nova Andradina, está despertando o interesse de representantes de grandes clubes do futebol nacional, como Santos, Fluminense, Grêmio, Internacional e Azuris. São os chamados “observadores” ou “olheiros”, cuja função é encontrar talentos do futebol.

A competição será sediada no Estádio Luiz Soares Andrade, o Andradão, no CT 1 e 2, de 13 a 15 de novembro. Estão confirmadas as participações de equipes de 3 estados brasileiros como Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo em seis categorias Sub 09, Sub 10, Sub 11, Sub 12, Sub 13 e Sub 15.

Na primeira Copa, em 2019, foram aprovados 64 atletas para avaliações em clubes, sendo que o atleta Guilherme hoje integra a base do Santos e os atletas Bruno, Marquinhos e Matheus Veloso, do Azuris, todos esses jogadores jogaram a Copa para equipe do São Caetano de Londrina, Paraná.

Os jogos acontecerão das 7h30 às 12h e das 14h às 18h, no sábado (13) e no domingo (14). As finais serão disputadas no feriadão de 15 de novembro, das 8h às 11h. A cerimônia de entrega das premiações está prevista para às 12 horas, no Centro de Eventos, com a presença do prefeito Gilberto Garcia e demais autoridades municipais.

A II Copa Cidade Sorriso foi idealizada pela Fundação Nova-andradinense de Esporte e Lazer (Funael), ligada a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte da Prefeitura de Nova Andradina em parceria com a Fundesporte.

Para Willian Moraes, presidente da Funael, o Brasil é o principal celeiro de talentos e o Centro Oeste do país já revelou grandes nomes brasileiros. Esta competição garimpa os jovens atletas que, no futuro, estarão fazendo parte das grandes equipes de todo mundo.

“Estamos retomando o calendário esportivo do município. A Copa Cidade Sorriso está apenas na sua 2ª edição, mas tem tudo para se tornar uma referência no estado de MS, porque nasceu grande, com a participação de quase 50 equipes e de observadores de várias equipes brasileiras. Que tenhamos uma competição de alto nível, projetando nossa cidade como a capital do futebol de base do MS”, declarou William.