Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Selo

A aquisição de produtos junto à agricultura familiar, a fiscalização e especialização de profissionais melhoram a alimentação escolar.

Cb image default
Divulgação

A merenda escolar da Rede Municipal de Nova Andradina é destaque estadual pela excelência em qualidade e variedade, dada a sua procedência, considerando que sua aquisição privilegia a agricultura familiar e produção orgânica, além de seu preparo, realizado de acordo com as normas estabelecidas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, junto ao Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE, aprovado por órgãos fiscalizadores, como exemplo, o Tribunal de Contas do Estado – TCE-MS.

Cardápios equilibrados e diversificados fazem parte da rotina dos estudantes das escolas municipais que atendem a educação básica e ensino fundamental das áreas urbanas e rurais de Nova Andradina e do distrito de Nova Casa Verde. A grande variedade de legumes, cereais, carnes, frios, frutas, verduras e leite, e regida com devido acompanhamento de nutricionistas especializados, avaliação submetida à discussão e aprovação do Conselho Municipal de Alimentação Escolar.

O investimento financeiro nesta gestão já ultrapassa a R$ 3 milhões de reais, sendo a maior parte deste, investidos no PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), que obriga os municípios brasileiros a adquirir no mínimo 30% dos produtos junto aos pequenos produtores, alimento de qualidade que atende mais de 6 mil crianças e adolescentes matriculados nas 19 escolas e Ceinf (Centros de Educação Infantil) da Rede Pública Municipal.

Cb image default
Divulgação

São oferecidas verduras variadas como alface, almeirão, rúcula, couve, repolho, acelga entre outras, legumes (cenoura, beterraba, abobrinha, cabotiã, berinjela, batata doce e batata), frutas (abacaxi, goiaba, acerola, mamão, banana nanica, maçã, melancia, laranja), ricas em vitaminas, sais minerais e fibras. Também são servidos às crianças, alimentos ricos em energia (arroz, feijão, macarrão, farinha de mandioca, trigo, pães e biscoitos) garantindo força para os estudos e as práticas esportivas.

Já as proteínas carnes de frango, de gado, leite e os ovos garantem os nutrientes necessários para o crescimento físico e mental, além do ferro e vitaminas necessárias para a produção de sangue e glóbulos brancos, para transportar os outros nutrientes, evitar anemia e manter as defesas do organismo sempre em alerta.

Cb image default
Divulgação

O prefeito Gilberto Garcia, atua com determinação no fomento à agricultura familiar, e este apoio aos pequenos produtores vem gradativamente, melhorando a oferta de produtos não somente à merenda escolar, mas ao conjunto da comunidade. Conforme o secretário municipal de educação, cultura e esporte, Fábio Zanata, esta postura do Governo Municipal provoca constantes melhorias, permitindo adequações no cardápio da alimentação escolar na rede pública municipal para que as refeições servidas sejam saudáveis, equilibradas e saborosas.

“Investimos muito além do percentual exigido por lei porque alimentação escolar é prioridade nas escolas municipais. É um trabalho que exige dedicação dos nossos profissionais e vontade política do nosso prefeito. Essa base se fortalece com diversas ações de capacitação para nossas merendeiras e, principalmente, porque o prefeito não mede esforços e recursos para manter a qualidade da nossa merenda”, destaca Zanata.