Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Escolas municipais de Nova Andradina estão entre as melhores na educação básica pública do país; município tem a melhor educação do Estado de MS, de acordo com dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica

Cb image default
João Cláudio

Números do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) apontam que a educação básica pública de Nova Andradina é a melhor de Mato Grosso do Sul e está entre as melhores do país.

A pontuação dos alunos das escolas mantidas pela Prefeitura Municipal ultrapassou a média do Brasil, que foi de 5.8, e a média do Estado de MS, que foi de 5.7.

No comparativo com o desempenho das demais escolas municipais de todo o estado, 4 das 5 escolas obtiveram as maiores notas são de Nova Andradina. No âmbito nacional, a Escola Municipal Pingo de Gente ocupa a 12ª posição no ranking do país, sendo referência em qualidade no ensino.

O balanço divulgado nesta segunda-feira (3) revela ainda que a nota nas séries iniciais (até o 5º ano) conquistada pelas escolas da rede municipal de ensino (reme), passou de 6.6, em 2015, para 7.2, em 2017. Este resultado supera com ampla folga as metas projetadas para a educação do município para esses anos, que eram de 4.9 e 5.2, respectivamente.

A nota média da rede pública municipal da Capital do Vale do Ivinhema (6.9), inclusive, é melhor do que a da rede paulista, considerada a melhor do país, com desempenho 6,5.

O instituto destaca que a maior evolução entre as três escolas sul-mato-grossenses com o melhor desempenho foi da Profª Efantina de Quadros, que saiu de uma nota 2,6 no IDEB de 2005 para o 7,0 registrado neste ano. Também merecem destaque a Escola Municipal Arco Iris, que obteve a segunda melhor nota do município, 7.6, seguida pela Escola Brincando de Aprender, com 7.2.

Cb image default
João Cláudio

Nessa fase escolar, a prefeitura é responsável por cerca de 70% das matrículas. Por isso, o prefeito Gilberto Garcia e o secretário de educação, cultura e esporte, Fábio Zanata, comemoraram os resultados.

Para o secretário Zanata, os profissionais que atuam na rede fazem a diferença. “Nosso corpo docente e demais profissionais da educação (diretores, coordenadores, merendeiras, auxiliares e administrativos em geral) são extremamente qualificados e isso é um diferencial. Todos são nossos parceiros na missão de fazer um ensino de excelente qualidade”, frisou ele.

O prefeito Gilberto Garcia afirmou que Nova Andradina está no topo da educação de MS e esta conquista é fruto dos esforços de toda a equipe que compõe a educação municipal, de investimentos em infraestrutura, merenda de qualidade, capacitação e de programas que incentivam o uso da tecnologia nas disciplinas de matemática e português, matérias básicas para o aprendizado do aluno.

“Esse resultado reflete o nosso olhar para a Educação. Quero parabenizar a todos os nossos diretores, coordenadores, administrativos, em especial, nossos professores da Rede Municipal, pelas conquistas inéditas alcançadas em tantos concursos e provas nacionais, em especial aos novos números do IDEB que colocam escolas da nossa rede entre as melhores de MS e do Brasil”.

Cb image default
Divulgação

Ideb séries iniciais

Conforme o quadro abaixo, 6 unidades escolares obtiveram nota superior a 7, nota muito superior à média das escolas públicas do estado nas séries iniciais, que ficou em 5,5, pouco acima da meta projetada, que era de 5,0.

O Ideb é o principal indicador da qualidade da educação no país. O índice é calculado com base em dados sobre aprovação nas escolas e desempenho dos estudantes no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), divulgado na semana passada.

A meta é fazer o Brasil atingir a média 6,0 em 2022 (mesmo patamar educacional da média dos países participantes da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).