Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
Divulgação

Desde março de 2020, alunos e professores tiveram que adaptar-se a ensinar e aprender dentro de um novo modelo de educação mediado por tecnologia, frente à um novo estilo de vida, com a necessidade do distanciamento social, causada pela pandemia do COVID 19. Neste contexto, pensar em educação, se tornou ainda mais desafiador. Vislumbrou-se um cenário que o Ensino Híbrido em sala de aula é o prenúncio de mudanças possíveis.

Com o intuito de preparar os professores multiplicadores para lidar com essa nova realidade dentro das unidades escolares, o Núcleo de Tecnologias Educacionais Municipal (NTM) iniciou o ano letivo 2021 com uma semana voltada a formação dos integrantes da equipe.

No dia 08 de fevereiro foi realizada a primeira reunião para repasse dos informes gerais, diretrizes das Samtecs (Salas de Tecnologias Municipais) e cronograma das ações previstas para o ano letivo.

Cb image default
Divulgação

No dia 09, o encontro foi voltado ao ensino híbrido. A atividade interativa iniciou com o uso da ferramenta Kahoot. Foram introduzidos conceitos, características e diferentes modalidades de ensino híbrido, discussões, atividades colaborativas e on-line utilizando a ferramenta Sway.

Cb image default
Divulgação

Nos dias 11, 18 e 22, a formação transitou para novas tendências educacionais, com ênfase na Robótica Educacional com lego, usando o Kit Mindstorms EV3 adquirido pelo governo municipal, e Cultura Maker/ Robótica com Sucata. Na Robótica Educacional foram introduzidos os conceitos básicos de Robótica, acompanhado de atividades que desenvolvem o raciocínio lógico e o pensamento computacional e tarefas práticas com o Kit Lego.

Já a Cultura Maker/ Robótica com Sucata foi trabalhada de forma diferenciada dos demais encontros. A proposta deste encontro foi inovadora, haja vista que o tema foi abordado utilizando uma das modalidades do ensino híbrido, estudado no segundo dia de formação, a sala de aula invertida.

Na ocasião, os professores multiplicadores compartilharam o conhecimento teórico prévio do tema, adquirido através das pesquisas realizadas em casa, apresentação dos projetos construídos de forma individual, com troca de experiências de erros e acertos, seguido de criação de protótipos construídos de forma coletiva.

Cb image default
Divulgação

Dessa forma, a primeira semana de formação foi encerrada dando o pontapé inicial para um ano de muito estudo e aprendizado, enfatizando a formação dos professores multiplicadores no primeiro semestre, no intuito de possibilitar aos discentes de todas as unidades escolares da REME.

A partir do segundo semestre, a possibilidade de experimentar diferentes formas de aprendizagem, promovida através da robótica educacional, seja por meio de tecnologias ou simplesmente através da sustentabilidade, permitindo que os estudantes aprendam fazendo, adquirindo habilidades que lhes possibilitem trabalhar em equipe, serem autônomos, capazes de planejar e executar projetos futuros com proatividade.