Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
João Cláudio 

São mais de 5,8 mil alunos, divididos em 19 unidades de ensino - 10 escolas de ensino fundamental e 9 Centros de Educação Infantil (CEIs). São quase 600 professores, além das diretoras e equipes administrativas. Toda essa engrenagem volta a funcionar na próxima semana com o início do ano letivo e a retomada da rotina escolar na rede municipal de Nova Andradina.

Cb image default
João Cláudio

Os kits de material escolar começam a ser distribuídos nos primeiros dias de aula. Já os uniformes chegam no primeiro bimestre. A novidade fica por conta da instalação de lousas brancas onde as lições são escritas com pincel, substituindo todos antigos quadros negros que utilizam o giz.

A Prefeitura adquiriu ainda 400 conjuntos de mesas e cadeiras, sendo 300 para os alunos e outros 100 conjuntos que serão destinados aos professores. Esses mobiliários serão empregados em duas novas salas de aulas construídas na escola Arco-Iris e em substituição aos que estão quebrados. 

As escolas também estão recebendo os mantimentos da merenda escolar, entre pães, biscoitos, frutas, verduras e diferentes tipos de carne. O cardápio começa a ter validade já a partir do primeiro dia de aula. Também estão incluídos alimentos especiais para celíacos, diabéticos e crianças com restrição alimentar.

Cb image default
João Cláudio

Outra preocupação é com os serviços de limpeza, capina, pintura de salas de aula e a manutenção dos parquinhos, um trabalho feito em conjunto com a Secretaria de Serviços Públicos.

Nessa semana que antecede o início das aulas, os cadernos, lápis e mochilas deram espaço as roçadeiras, as tintas e materiais de limpeza nos preparativos para receber os estudantes.

Conforme informações de Roberto Ginel, somente alguns reparos pontuais são necessários neste momento, pois no ano passado o governo municipal investiu pesado na melhoria da infraestrutura física das unidades.

“Grandes reformas como a substituição de forros e telhados, adequações das redes hidráulicas e elétricas e sanitários, ampliação de salas de aula, entre outras ações já foram concluídas. Estamos cumprindo a determinação do prefeito de deixar tudo 100% para nossos professores, administrativos e alunos. A melhor educação de MS merece e está recebendo toda a atenção da gestão atual”, encerra o titular da Semusp.