Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Ângela Aparecida Bernegozze Monteschio recebeu a Comenda “Professora Maria Ildonei de Lima Pedra”, proposta pelo deputado Marçal Filho (PSDB)

Cb image default
Foto:Internet

Em reconhecimento ao trabalho dos trabalhadores em educação, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizou, na noite desta terça-feira (19), sessão solene mista para entrega da Comenda Professora Maria Ildonei de Lima Pedra, proposta pelo deputado Marçal Filho (PSDB).

A professora Ângela Aparecida Bernegozze Monteschio, que leciona na Escola Municipal Efantina de Quadros foi uma das homenageadas com a honraria, pela brilhante carreira de dedicação, competência e profissionalismo. Angela foi convidada pelo vereador Edeildo Gonçalves dos Santos, também presente na solenidade realizada na última terça-feira, 19 de outubro, na capital sul-mato-grossense.

A professora Ângela tem uma extensa e admirável carreira docente. Dedicou-se a ensinar desde o ano de 1984. Já se aposentou num período pela rede Estadual, mas continua na ativa na Escola Efantina de Quadros, onde ingressou em 2005.

Sentindo-se lisonjeada e grata com a homenagem, a professora citou uma frase de Paulo Freire como inspiração: “O Educador se eterniza em cada ser que educa”.

Cb image default

O deputado Marçal Filho (PSDB), autor da resolução Nº 102/19, que instituiu a Comenda “Professora Maria Ildonei de Lima Pedra”, declarou, durante a cerimônia, que esta homenagem deve servir de estímulo aos profissionais que atuam na área, como também aos que pretendem entrar na carreira docente.

”Muitas pessoas não querem abraçar a carreira do educador por todos os problemas que a atividade impõe. Na pandemia, tivemos esse exemplo, os professores tendo que se adaptar à tecnologia e se aprimorar com poucos recursos. Reconhecendo o esforço desses trabalhadores em manter a educação à distância, o aprendizado e o interesse dos alunos à continuidade do saber, afirmou Marçal Filho”.