Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Nesta primeira edição, projeto será desenvolvido em 4 escolas: Arco-Iris, Delmiro Salvione Bonin, Fátima Gaiotto Sampaio e Machado de Assis

Cb image default
William Gomes

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (11), a cerimônia de lançamento do Projeto Educar PRF, fruto da parceria entre a Prefeitura de Nova Andradina e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O projeto, encampado pela Secretaria Municipal de Educação através da Funac, tem por objetivo desenvolver ações pedagógicas nas unidades escolares da educação infantil ao ensino médio com o intuito de promover a reflexão, o debate e o fomento às questões de trânsito. Nesta é a primeira edição, fizeram adesão ao projeto 3 escolas municipais - Arco-Iris, Delmiro Salvione Bonin e Machado de Assis – e uma escola estadual - Fátima Gaiotto Sampaio.

Participaram do lançamento ao lado da secretária de educação, Giuliana Masculi Porkrywiecki, diretores e professores das escolas participantes, o agente da PRF em Mato Grosso do Sul, J Ricardo, representante do superintendente, inspetor Luiz Alexandre Gomes da Silva, acompanhado de membros da instituição, o presidente do legislativo, Leandro Fedossi e o vereador Pedro Soares, sargento Marco, do Corpo de Bombeiros, diretora da Funac, Ana Lucia Vasconcellos, o diretor do Demtran em Nova Andradina, Anilton Ferreira dos Santos, e a coordenadora de educação para o trânsito, Kelly Borba. 

Cb image default
William Gomes

Nas palavras do agente J. Ricardo, a Polícia Rodoviária Federal é uma Instituição Policial Ostensiva Brasileira, cuja principal função é garantir a segurança com cidadania nas rodovias federais e em áreas de interesse da União. Assim, combate às mais variadas formas de crimes nas rodovias federais do Brasil e também monitora e fiscaliza o trânsito de veículos, bens e pessoas.

Cb image default
William Gomes

 “Os professores das escolas receberam capacitação à distância e desenvolverão o conteúdo de maneira transversal, nas mais variadas áreas de conhecimento para que os alunos possam entender sua participação como agentes transformadores no trânsito, exercendo a cidadania em sua plenitude e transformando atitudes para salvar vidas”.

Discursando em nome do governo municipal, a secretária de educação Giuliana disse que o prefeito Gilberto Garcia considera o projeto fundamental para diminuir os índices de acidentes e mortes causadas pelo trânsito no município.

“Um dos principais motivos dos altos índices de acidentes no transito é a falta de educação, a imprudência e o stress de condutores de veículos. Portanto, esse aprendizado sobre trânsito ainda na fase da infância, seja na escola ou em casa, garantirá que, mais tarde, o condutor tenha mais responsabilidade e faça parte do trânsito de uma maneira segura e consciente”, avalia a gestora de educação, agradecendo o empenho das escolas e ao trabalho do Departamento Municipal de Trânsito, que também desenvolve ações de educação para o trânsito no âmbito do município.