Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Aulas estão previstas para retornar no dia 20 de julho de 2021.

Cb image default
Divulgação

Aulas estão previstas para retornar no dia 20 de julho de 2021.A Secretária Municipal de Educação, Cultura e Esportes (Semec) de Nova Andradina, Giuliana Masculi Porkrywiecki, anunciou durante live transmitida ao vivo nesta terça-feira (29), no youtube da Prefeitura Municipal, que as aulas nas escolas municipais deverão retornar no dia 20 de julho para os alunos. No dia anterior, administrativos e professores já estarão nas escolas para ajustar os detalhes do protocolo de biossegurança e iniciar as aulas de maneira semipresencial.

O planejamento é para que retornem primeiramente os alunos do 4º ao 9ºano. As classes serão divididas em 2 turmas. Na primeira semana, vai uma turma. Na seguinte, a outra. Estudantes também poderão optar por não retornar às aulas presenciais, neste primeiro momento. Gradativamente, será a vez será a vez dos estudantes do 3º, 2 º e 1º ano, até chegar aos alunos da pré-escola.

Cb image default
Divulgação

Conforme a secretária, esta decisão está sendo balizada não apenas pelo poder executivo municipal. “Estamos em diálogo constante com a Comissão Municipal de prevenção a Covid, legislativo, promotoria pública, sindicatos, conselho municipal, coordenação pedagógica da Semec, coordenadores das escolas, enfim, todos os atores da educação”, explicou Giuliana.

As aulas terão duração de 40 minutos. Os professores terão um tempo para corrigir as atividades do ensino remoto. As atividades em sala de aula serão as mesmas das ministradas aos alunos que estão em casa, sendo explanadas e discutidas pelo professor em momentos diferentes. O plano de biossegurança das unidades escolares foi aprovado pelo Comitê Municipal da Covid.

Os administrativos da educação receberam orientações da Vigilância Sanitária sobre como proceder nas escolas com relação aos procedimentos de entrada e saída dos alunos, refeições, uso dos sanitários, disponibilização de EPIs (equipamentos de proteção individual) entre outros. Nos próximos dias, será a vez dos professores e das famílias serem orientados.

A secretária ressaltou a importância da participação dos pais e de todos nesse processo de retorno de forma gradual às aulas, com total responsabilidade.

“Estamos há praticamente1 ano e meio com a pandemia e os cuidados ainda perdurarão por mais tempo. Ouso da máscara, álcool em gel e outros materiais estão sendo entregues nas unidades. Vamos voltar com cautela, É essencial caminharmos lado a lado para que possamos enfrentar os desafios que a volta das crianças às unidades representa. A preservação da vidados profissionais e das crianças sempre será prioridade para a atual gestão”, assegurou a gestora da educação.

Giuliana confirmou ainda que se houver um aumento no número de casos e a situação piorar novamente, existe a possibilidade das aulas serem suspensas. “O parâmetro sempre será os índices de contágio. Se verificarmos um aumento nos casos, as UTIs lotadas, vamos recuar. O principal é salvar vidas”, declarou.

Com relação ao transporte escolar rural, a Semec informou que nos próximos dias definirá como será o funcionamento. Estão programadas ainda lives e reuniões com os pais para passar mais detalhes sobre a volta às aulas nas escolas municipais.

Vacinação dos profissionais da educação

Todos os profissionais da educação – administrativos e professores –receberam a primeira dose da vacina Covid-19. A aplicação da segunda dose já está sendo ministrada, de modo que até a volta das aulas estejam imunizados 100%.