Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Programa visa possibilitar o desenvolvimento pleno de estudantes, preparando as crianças e os jovens para enfrentar os desafios do século 21

Cb image default
Divulgação

Com o foco na formação continuada de professores, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte (Semec) promoveu o 1º Ciclo do Programa de Desenvolvimento de Competências Socioemocionais “Diálogos Socioemocionais”, para todos os 420 professores da Rede Municipal de Ensino.

A formação aconteceu nesta semana, de 20 a 24 de junho, no auditório do Paço Municipal, durante as Horas Atividades Integradas e contou com a parceria da Secretaria de Estado de Educação (SED) e Instituto Ayrton Senna, sendo mediada pelas coordenadoras das unidades de ensino, com o apoio da coordenação pedagógica da SEMEC. 

Cb image default
Divulgação

O programa de competências socioemocionais visa possibilitar, de forma intencional e planejada, o desenvolvimento pleno de estudantes, preparando as crianças e os jovens para enfrentar os desafios do século 21.

A proposta educacional contempla: a formação de gestores e professores realizadas presencialmente e a distância para entendimento, customização e implementação na escola; instrumentos e metodologias para o acompanhamento do desenvolvimento de competências socioemocionais pelos professores junto aos estudantes, por meio de conversas e devolutivas que permitem o planejamento e o replanejamento de atividades para o alcance de objetivos individuais dos alunos.

De acordo com a secretária Giuliana Masculi Pokrywiecki, o objetivo é promover momentos de estudo e apresentação de materiais de referência para que o professor possa, nas diversas áreas de conhecimento, planejar atividades intencionais de desenvolvimento das competências socioemocionais com acompanhamento por meio de instrumentos de avaliação formativa. 

Cb image default
Divulgação

“Proporcionamos esses momentos com a intenção de motivar a Rede Municipal de Ensino a potencializar a compreensão de que a dimensão socioemocional é essencial para a educação integral e, assim, atender as prioridades apontadas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e pelo Currículo de Referência de Mato Grosso do Sul”, considera a gestora da pasta, Giuliana Masculi.

“O intuito é que os estudantes desenvolvam habilidades para identificar e reconhecer os próprios pensamentos, sentimentos, sonhos e ideias e lancem mão delas no comportamento direcionado à solução de problemas da vida, incluindo as relações com o outro. A partir desse desenvolvimento, as aprendizagens essenciais são potencializadas em consonância aos pressupostos pedagógicos da BNCC que estão desdobrados no Currículo de MS”, considera a coordenadora da secretaria de educação, Marileuza Zanata.

Durante a formação, os professores rememoraram os princípios e pressupostos do Programa Diálogos Socioemocionais: educação integral, metodologias ativas, avaliação formativa e presença pedagógica.