Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Em reunião administrativa, Agehnova informou quem são as pessoas idosas que irão residir nas unidades habitacionais

Cb image default
João Cláudio 

“Está chegando o grande dia. Em 2010, lançamos o Condomínio do Idoso e fizemos o alicerce, mas não tivemos tempo de concluir esta obra. O prefeito que assumiu não deu continuidade ao projeto, que ficou paralisado por 4 anos. Assumimos em 2017 e após 30 meses de mandato, vamos entregar este Condomínio. É mais um sonho se tornando realidade”.

Cb image default
William Gomes

Foi com essas palavras que o prefeito Gilberto Garcia abriu a reunião administrativa realizada nesta tarde (15), no auditório do Paço Municipal, com a presença da diretora da Agehnova, Marcia Lobo, presidente do legislativo, Vailton Sordi (Amarelinho), vereadores Joana Darc Bono Garcia, Ricardo Lima, Airton Castro e Robertinho Pereira.

Na ocasião, a Agehnova informou quem são as pessoas idosas que irão residir nas unidades habitacionais e esclareceu nas regras de convivência no Condomínio. A inauguração oficial deverá acontecer na próxima quinta, dia 25 de julho. 

Cb image default
William Gomes

Falando em nome da Câmara Municipal, Ricardo Lima, enalteceu o trabalho do prefeito Gilberto, pelo resgate de obras importantes e pela realização do sonho de nossa gente. “Isso é possível graças a este governo de austeridade com os recursos públicos municipais e de compromisso com as pessoas”, comentou o vereador do DEM.

Cb image default
William Gomes

Marcia Lobo classificou o projeto habitacional voltado exclusivamente a pessoas com mais de 60 anos como um centro de convivência, de respeito e de resgate da dignidade daqueles que já lutaram muito e que agora poderão viver em um local com mais qualidade de vida.

“Normalmente, os conjuntos habitacionais só destinam 5% das casas para a terceira idade. Neste projeto, todos os beneficiados têm mais de 60 anos, contribuindo para reduzir o déficit de moradias para este público”, reafirmou a diretora, ao exaltar o trabalho da Seimfra e dos funcionários da Agehnova, que não mediram esforços para a conclusão desta obra.  

Homenagem

O Condomínio do Idoso receberá o nome de Margarida de Souza Lopes, pioneira no município.

A principal diferença entre este e os demais programas habitacionais é que o município apenas transfere o usufruto do imóvel ao idoso.

São 10 blocos com um total de 20 unidades habitacionais. Em cada bloco, lado a lado (geminada), estão erguidas duas unidades habitacionais, com área total de 61,81m². Cada unidade conta com lavanderia, banheiro, varanda na frente e 1 peça com metragem de 30m2. O valor total do investimento é de R$ 577.822,83.