Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
Divulgação

Em visita à Nova Andradina, o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, acompanhado do prefeito Gilberto Garcia, esteve no canteiro de obras de recomposição das erosões que consumiram o cruzamento das ruas Espírito Santo e Antônio Duarte e parte da Praça do Bairro Argemiro Ortega.

O desastre ambiental, que abriu uma monstruosa cratera, havia atingido 18 metros de profundidade em pleno perímetro urbano.

As ações de enfrentamento ao processo erosivo, realizadas pelo Governo Municipal, contaram com o apoio do Governo de MS.

O trabalho já recompôs o ponto de base do pavimento das ruas e praças atingidas e, em fase de conclusão de sua primeira etapa, culminou com a canalização e captação das águas pluviais para a Lagoa de Detenção em construção, posterior à Rua Sérgio Tibúrcio dos Santos, no bairro Argemiro Ortega. 

3 Frentes de trabalho

Em frente à Praça do Bairro Argemiro Ortega foi concluído o trabalho de drenagem das águas pluviais e controle da erosão, onde foram necessários mais de 400 caminhões de terra para execução do aterro, compactação do solo, construção de poços de visita e sistema para canalização da água.

Na rua Sergio Tibúrcio dos Santos, segunda frente de trabalho, a execução de obras de drenagem avança em direção a lagoa de detenção, onde uma outra equipe executa os serviços que têm como finalidade de evitar que, em caso de chuvas fortes, novas erosões possam surgir.

A construção da caixa de detenção está sendo feita com recursos do Governo Federal, por meio de convênio através da Defesa Civil.

Após as intervenções para conter a erosão, será feita terraplanagem da área para deixar a via pronta para a pavimentação. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, está em fase de elaboração os projetos para execução da pavimentação, para posterior licitação dessas obras.