Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Com a doação de R$ 5 mil foram adquiridos remédios de uso diário para o uso de crianças e adultos. Entrega simbólica ocorreu nesta manhã (20)

Cb image default
João Cláudio 

Membros da diretora do Pata de Onça Bike Clube realizaram nesta manhã (20), a entrega simbólica de medicamentos ao Hospital Regional de Nova Andradina. A doação foi recebida por Nelson Custódio da Silva, diretor geral da Fundação Serviços de Saúde de Nova Andradina (FUNSAU), mantenedora da instituição hospitalar.

Os remédios, podem ser utilizados no atendimento a crianças e adultos, foram adquiridos com recursos da ordem de R$ 5 mil. De acordo com o vice-presidente do clube de ciclismo, Walter Bernegozzi Júnior, esse valor representa parte da renda obtida na Ultramaratona Pata de Onça, competição realizada anualmente no município.

“O Bike Clube não tem fins lucrativos. Todos os valores angariados são destinados a instituições ligadas ao esporte e a saúde. Esta é a primeira doação ao HR e temos a intenção de fazer novas doações nos próximos anos, porque é um hospital que oferece atendimento gratuito não apenas ao município como também para outras cidades da região”, enfatizou Bernegozzi Junior, que estava acompanhado de Fabiana de Mello Santana, membro do Bike Clube. 

Cb image default
João Cláudio

Nelson ressaltou a importância deste gesto para o Hospital. “Estes recursos chegaram justamente na hora em estávamos necessitando, pois o fornecedor de alguns produtos de uso diário não fez a entrega dentro do prazo. Com esses recursos, conseguimos efetuar a compra e atender a demanda”, reforça o diretor da Funsau.

Na ocasião, Nelson reiterou que os serviços ofertados são 100% custeados pelo SUS e toda ajuda de pessoas físicas ou jurídicas é vista com muito bons olhos pela direção e usuários.

“Desde 2017, quando assumimos a direção do HR, empresas, clubes de serviço e grupos de voluntários fizeram doações de mantimentos, equipamentos eletrônicos, leite, materiais de limpeza, utensílios domésticos ou recursos financeiros. Não é algo corriqueiro, mas, é inegável que vem se tornando mais frequente nos últimos meses. É uma verdadeira corrente do bem e espero que este gesto contagie a nossa sociedade. Essas doações fazem toda a diferença”, frisou, agradecendo em nome de toda a direção do HR.