Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Governo do Estado firmou parceria com a Prefeitura de Nova Andradina para aquisição dos respiradores e custeio dos serviços para implantação de 8 novos leitos de UTI

Cb image default
Divulgação

Após a chegada de seis novos respiradores, a direção do Hospital Regional de Nova Andradina concluiu a instalação dos equipamentos para ampliar o número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para atendimento aos pacientes com COVID-19. 

Cb image default
Divulgação

Ao receber a notícia sobre a nova estrutura montada na unidade hospitalar, o secretário de estado de saúde, Geraldo Resende destacou os benefícios que este novo serviço representa para a região e anunciou que o governo do estado somará forças com a Prefeitura de Nova Andradina na implantação de 8 novos leitos de UTI no hospital.

“Isso dá segurança à população de que o Hospital Regional está preparado para fazer o atendimento, caso muita gente adoeça em função da Covid-19. A parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e as secretarias municipais de saúde estão acontecendo em todos os cantos de MS, e mostra que a doença deve ser enfrentada com a união de todas as forças, para que vidas preciosas não sejam levadas”, ressaltou o secretário.

O compromisso firmado com Geraldo Resende prevê que o estado arcará com 50% dos valores investidos pelo município na compra dos equipamentos (mais de R$ 200 mil) e, caso os recursos do Ministério de Saúde não sejam suficientes para o custeio dos novos leitos de UTI, o governo irá fazer um aporte adicional de recursos.

“Vamos dar total apoio na habilitação dos novos leitos de UTI junto ao Ministério de Saúde para que nenhum paciente de Nova Andradina e região deixe de ser assistido”, garantiu Resende. 

O diretor geral do Hospital Regional, Norberto Fabri, e o prefeito Gilberto Garcia, agradeceram ao apoio do governo de MS, na pessoa de Geraldo Resende.

“O estado repassa R$ 426 mil mensais para a manutenção da UTI adulto já existente no hospital, o que representa 100% dos recursos utilizados neste setor. Além disso, Resende têm sido um dos nossos maiores parceiros na construção da ampliação do complexo hospitalar, com emendas importantes para a implantação de novos serviços”, ressaltou Norberto, ao citar as obras estruturais em andamento como o Centro de Diagnóstico de Imagem, UTI neonatal e banco de leite.

Para o prefeito, a parceria garante a oferta de 18 leitos de UTI para atender a iminência da pandemia na região. “Só temos a agradecer, pois num momento como este é importante saber que podemos contar com o governo do estado, que tem à frente da saúde um secretário que entende as dificuldades dos municípios e tem dado suporte às ações de combate ao coronavírus e na saúde como um todo”, frisa Gilberto Garcia.

O Secretaria Municipal de Saúde está enviando na tarde desta sexta-feira (17) os documentos para habilitação junto ao Ministério de Saúde dos 18 leitos de UTI e, com isso, conseguir recursos específicos provisórios para atendimento a pacientes com Covid-19.