Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

O tema central “Democracia e Saúde” foi debatido por usuários, gestores e colaboradores da saúde pública e a comunidade em geral

Cb image default
João Cláudio 

Considerado um dos maiores e mais importantes eventos da saúde, a Conferência Municipal de Saúde de Nova Andradina foi realizada nesta sexta-feira (5) com a finalidade de analisar os avanços e retrocessos do SUS, propondo diretrizes para a formulação das políticas de saúde.

Cb image default
João Cláudio

A cerimônia de abertura foi prestigiada por dezenas de autoridades, entre elas o prefeito Gilberto Garcia, do vice Nenão, presidente do Conselho Municipal de Saúde, José Ferreira Saraiva, secretário Arion Aislan e o grande homenageado Norberto Fabri Júnior.

Também se fizeram presentes os vereadores Ricardo Lima e Wilson Almeida, a presidente da Comissão Organizadora da Conferência, Renata Canto, diretor geral do HR, Nelson Custódio da Silva, coordenadora da plenária microrregião, Aureni Alves da Silva, defensor público, Edson Cardoso, promotor de justiça Alexandre Rosa Luz, palestrante Reinaldo Mendonça Costa.

O tema central “Democracia e Saúde” foi debatido por usuários, gestores e colaboradores da saúde pública e a comunidade em geral. 

Cb image default
João Cláudio

Abrindo os discursos, Arion Aislan, disse que as deliberações desta conferência nortearão as políticas de saúde nos próximos 4 anos, por isso é fundamental este fórum de debates, entre os segmentos da sociedade para definir e priorizar propostas para melhorar a qualidade de vida das pessoas.

A frente da pasta há quase oito meses, Arion enfatizou que apesar das limitações orçamentárias e de pessoal, a saúde conta uma boa estrutura de atendimento. Porém, quem faz a diferença são aqueles que trabalham diariamente na rede de de saúde, com os olhos voltados para o bem-estar do próximo”, avalia, agradecendo a todos os colaboradores e responsáveis pela organização deste evento. 

Cb image default
João Cláudio

O chefe do poder executivo municipal também fez questão de enaltecer o trabalho valoroso dos profissionais de saúde e reiterou que o município investe quase 23% do orçamento neste setor, contudo, não é possível atender todas as demandas da população. Diante de momentos de dificuldades, Gilberto Garcia disse que é preciso apostar em novas ideias, “se reinventar”.

“Estamos buscando parcerias que nos deem condições de realizar programas capazes de diminuir o sofrimento das pessoas, como a realização de cirurgias eletivas, procedimentos oftalmológicos e a implantação do centro de hemodiálise. Temos diversos problemas, limitações financeiras, mas muito se deve a essas pessoas que fazem a saúde pública acontecer”, pontuou Gilberto.

E completou: “o SUS é um processo em construção, que tem desafios e avanços. É importante o envolvimento de todos os segmentos de modo a contribuir com propostas que venham melhorar o SUS”.

A conferência se estenderá até o final da tarde de hoje, quando serão eleitos os delegados e elaboradas as propostas a serem apresentadas na Conferência Estadual de Saúde.

Cb image default
João Cláudio 

Homenagem do Conselho Municipal de Saúde ao dentista e ex-secretário de saúde, Norberto Fabri Júnior

Como em todas as edições da Conferência, o Conselho Municipal de Saúde presta homenagem a personalidades que se destacam por sua contribuição profissional e prestação de serviços na área da saúde.

O grande homenageado, nesta ocasião, foi o dentista e gestor público Norberto Fabri Júnior, cuja história de vida é dedicada à saúde pública, tendo exercido cargo de secretário desta pasta por 6 anos na Prefeitura de Nova Andradina e mais 2 anos na direção do Hospital Regional (HR), além de assumir cargos eletivos em conselhos municipais, regionais, estaduais e até na esfera nacional.

Emocionado e agradecido pela indicação do seu nome, Norberto falou sobre a experiência de trabalhar na gestão pública da saúde, do orgulho de ter participado de diversos momentos marcantes como a inauguração do HR, uma obra que ficou mais de 20 anos parada, entre outras ações.

“A saúde pública se faz com pessoas, por isso estou aqui, para representar todos vocês. Sintam-se homenageados”, disse demonstrando sua gratidão pelos companheiros e equipe de trabalho, como também por sua família, amigos e a Deus.