Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Valor está bem acima do mínimo exigido pela Constituição, que é de 15%

Cb image default

A Prefeitura de Nova Andradina destinou nos últimos 3 anos, em média, 28% de sua receita na área da Saúde – percentual que representa quase o dobro do mínimo constitucional, 15% - e com isso, vem reafirmando seu compromisso em melhorar e ampliar os serviços à população.

As estatísticas mostram a grande preocupação do governo do prefeito Gilberto Garcia. Saúde é uma prioridade.

Somente em 2019, o investimento total foi de R$ 52 milhões, o que significa algo em torno de 27,7% do orçamento geral do município. Em 2018, esse percentual ficou em 25,24%, enquanto que no primeiro ano de governo, em 2017, a Prefeitura aplicou 32,02% neste setor. 

Cb image default
Foto: João Cláudio

Um balanço feito pela Secretaria de Saúde mostra avanços importantes nos últimos 3 anos: novas ambulâncias, expansão da coleta de exames laboratoriais em 20%, ampliação do número de atendimento nos postos, compra de medicamentos, materiais e insumos, investimentos em exames especializados e cirurgias eletivas, contratação de novos profissionais, inauguração de uma nova unidade de saúde (ESF Centro) e a construção de um novo de complexo de atendimento no Hospital Regional Hospital Regional, são uma mostra das conquistas.

Isso inclui a compra de medicamentos, materiais e insumos, o investimento em exames e cirurgias eletivas, a contratação de novos profissionais necessários para o atendimento à população, entre outras despesas.

Cb image default
Foto: João Cláudio

Os números de pessoas atendidas na rede pública municipal de Nova Andradina também revelam que o trabalho não para. “Nas nossas unidades de saúde, a média mensal foi de mil atendimentos em 2019 – são mais de 107 mil, desde consultas médicas a palestras sobre temas como planejamento familiar e prevenção de doenças.

A frente da Secretaria, Arion Aislan avalia que uma gestão técnica responsável, que destina os recursos com planejamento e critérios de humanização, consegue melhorar a qualidade do atendimento e os serviços prestados na saúde.

“Seguimos o plano de Governo do prefeito Gilberto Garcia de qualificar e ampliar o atendimento. Já no primeiro ano de governo, o índice aplicado na saúde foi 9% maior do que no ano anterior. As metas propostas foram atingidas, graças ao trabalho intenso das equipes da rede municipal de saúde e projetos de grande alcance na vida das pessoas”.  

Cb image default
Foto: João Cláudio

A realização dos mutirões de oftalmologia e de cirurgias eletivas são bons exemplos disso. Com eles, o governo de Nova Andradina conseguiu diminuir o tempo de espera na fila pelas consultas com especialistas e cirurgias em diversas especialidades. “A demanda é grande, a cada dia, novas pessoas entram no sistema. Por isso, buscamos gerir de forma consciente sabendo que temos sempre muito trabalho pela frente e que é preciso muita dedicação, além de uma boa gestão”, avalia o secretário Arion.

O prefeito Gilberto destaca que o índice médio de 28,33% aplicado durante os três anos do seu mandato está bem acima do previsto pela Constituição Federal, - que determina que o limite mínimo de transferência para o setor seja de 15% da receita tributária anual. “Além disso, a prefeitura vem buscando investimentos Federais e Estaduais. Em três anos de Governo, registramos quase 9 milhões de reais direcionadas ao município por meio de emendas parlamentares”, ressalta o chefe do poder executivo municipal. 

Cb image default
Foto: João Cláudio

A Saúde encerra 2019 com importantes ações: entrega de novos veículos para o transporte de pacientes e a continuidade das obras de ampliação do HR, com a construção da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal (UCINCO) e Centro de Diagnóstico de Imagem (CDI) e Banco de Leite, conquistas que darão um salto na o salto na qualidade da saúde pública do município, que é referência para toda a região.

“O trabalho na Saúde é contínuo. Nunca se investiu tanto em exames, cirurgias eletivas, tratamento de dependentes químicos, remédio e na contratação de médicos e funcionários para atender a demanda deste setor. Sabemos que, apesar de todo esse incremento de recursos, as demandas são crescentes, mas não tenham dúvidas de que existe vontade política de se fazer Saúde em Nova Andradina. E vamos fazer mais”, ressaltou Gilberto Garcia.