Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Medicamentos podem garantir tratamento adequado aos munícipes e reduzir índices de internações por agravamentos de casos suspeitos e/ou confirmados da doença

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (SES) de Nova Andradina protocolou um ofício na tarde de ontem (01/09), junto a SES (Secretaria Estadual de Saúde), solicitando ao secretário Geraldo Resende, a disponibilização de doses dos medicamentos Azitromicina (500 mg) e Zinco, utilizados no tratamento de Covid-19.

A justificativa é que esses medicamentos auxiliariam no tratamento, uma vez que o estado já disponibiliza mensalmente os produtos hidroxicloroquina e cloroquina, conforme solicitação do anexo 1 da resolução 61/CIB/SES.

Neste documento, município informa que não dispõe de estoque dos referidos produtos: Azitromicina (500 mg) e Zinco. A SMS ressalta ainda que enfrenta dificuldades na aquisição de medicamentos básicos e não-básicos, informando que utiliza a ata de processo de licitação realizada pelo CODEVALE – Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema.

Além disso, destaca que os fármacos solicitados são indicados no tratamento preventivo e de reabilitação de pacientes, e desssa forma, poderiam garantir tratamento adequado aos munícipes e reduzir índices de internações por agravamentos de casos suspeitos e/ou confirmados da doença.

Ao final do oficio, assinado pelo secretário Sérgio Maximiano, o município assume a responsabilidade de prestar contas da quantidade dispensada para fins de controle da SES.

Nova Andradina contabiliza 15 casos de Covid-19 em 48 horas

O início do mês de setembro acendeu um alerta para Nova Andradina. Nas últimas 48 horas, foram contabilizados mais 15 novos exames positivos. Segundo boletim desta quarta-feira (02), a incidência é de 255 casos acumulados covid-19, sendo 21 ativos. Com relação aos leitos de UTI destinados a pessoas infectadas, apenas 02 estão desocupados. 

Durante a exibição da live de hoje, o secretário de saúde, Sérgio Maximiano apresentou um relatório da evolução mensal de casos confirmados. Os dados mostram a tendência de crescimento no número de casos de Covid-19 no município nos últimos meses.

Nos quatro primeiros meses de pandemia (março a junho), foram contabilizados 74 casos de coronavírus e 1 óbito em Nova Andradina. No mês de julho, é expressivo o aumento de casos confirmados, com 89 infectados e 4 mortes. No mês passado (agosto), os números continuaram a subir, com 103 exames positivos e 4 óbitos.

O gráfico permanece em trajetória ascendente neste início de setembro. Nos dois primeiros dias deste mês já somam 15 novos casos da doença.

4 primeiros meses da pandemia - total de 74 confirmados (março a junho)

Julho - 89 confirmados

Agosto – 103

Dois primeiros dias de setembro – 15 casos

Número de mortes / evolução mês

Junho – 1

Julho – 4

Agosto - 4

O índice de ocupação de leitos de UTI – Covid no Hospital Regional nos primeiros dias de agosto e de setembro são idênticos. Dos 8 leitos exclusivos para o tratamento de coronavírus, 6 estão ocupados, sendo que 5 pacientes fazem uso de ventilação mecânica (respiradores).

Segundo o secretário Sérgio Maximiano, a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é que o número de casos se estabilize, de maneira que haja um controle do número de internações e uma redução no número de ativos.

“No mês passado, percebemos que ao longo do mês, houve uma diminuição no número de pacientes internados com Covid-19. Esperamos que neste mês a situação se repita e consigamos manter esses mesmos índices. A maior preocupação é com o feriado de 7 de setembro, em que as pessoas se deslocam para outras cidades endêmicas e se reúnem em família”, alerta o secretário, pedindo mais uma vez que as pessoas fiquem em casa quando puder, mantenham o distanciamento socia, a higienização das mãos e o uso do máscara.