Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações
Cb image default
William Gomes 

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, depois do de pele não-melanoma, conforme o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Para conscientizar os homens sobre este quadro, na terça-feira (19), a Secretaria Municipal de Saúde promoveu uma palestra acerca deste tema, com o vereador e médico urologista, Sandro Hoici. A iniciativa integra a campanha Novembro Azul, desenvolvida pelo governo municipal.

O que é a próstata, fatores de risco, diagnóstico e tratamento do câncer de próstata – considerado um câncer da terceira idade, já que possui maior prevalência em homens a partir de 65 anos – foram assuntos abordados na palestra realizada no Centro de Convivência do Idoso “Aparecida Mourão”, o Conviver, justamente para atender o público alvo.

Cb image default
William Gomes

Dr. Sandro apontou a importância do autocuidado como aliados da saúde do homem. “A maioria dos homens não ter o costume de cuidar da própria saúde nem adotando hábitos saudáveis de vida nem realizando consultas e exames para a prevenção de doenças. Essa situação precisa mudar”.

A realização dos exames preventivos para o diagnóstico precoce do câncer de próstata é fundamental para a cura da doença. O diagnóstico tardio leva a tratamentos dolorosos e quando detectada precocemente a doenças tem um índice de cura em torno de 90%.

Cb image default
William Gomes

Na fase inicial, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas. Já na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários, infecção generalizada ou insuficiência renal. O tratamento para a doença localizada pode incluir cirurgia, radioterapia ou tratamento hormonal. A escolha do tratamento adequado deve ser definida de forma individualizada e com médico especialista.

Homem dê um presente para você. Faça exames de rotina anualmente. Pessoas acima de 50 anos acrescente seu preventivo de próstata.