Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

17 profissionais que atuam CAPS, CRENA e nas unidades de saúde participam de 5 encontros com especialistas em psicodrama

Cb image default
Divulgação

A técnica do psicodrama está auxiliando profissionais da saúde mental de Nova Andradina a diminuir o stress e danos causados pela desgastante rotina no ambiente de trabalho.

Nesta segunda-feira (09), 17 profissionais que atuam CAPS, CRENA e nas unidades de saúde, como responsáveis pela saúde mental municipal, participaram do primeiro encontro com as piscodramatistas Gisele Gotardi Gomes e Jane Vasconcellos, que aplicam este método com a finalidade de trabalhar vínculos, desenvolvimento de papéis e autocuidado.

O grupo que participa dessa iniciativa envolve desde a recepcionista, até o setor de limpeza. O critério utilizado para integrar o grupo é ter como missão o ato de cuidar. “Estamos construindo um grupo de cuidadores. Aqui não tem psicólogos, psiquiatras, auxiliares de limpeza, todos tem uma missão em comum: cuidar de pessoas ou coisas. Acreditamos que aqueles que cuidam na área da saúde mental sofrem muito stress, tem muitos danos e precisam desse cuidado para poder trabalhar de forma mais tranquila, mais feliz”, revela a psicodramatista didata Gisele. 

Cb image default
Divulgação

Com a experiência de quem atuou no CAPS de Nova Andradina durante 10 anos, estudou o método psicodrama durante 6 anos e se especializou no trabalho em equipe, a profissional contou detalhes de como se dará o processo de aprendizagem, autoconhecimento, percepção de mim mesmo e do outro.

Serão 5 encontros, com carga horária de 4h por dia. Na primeira parte, serão trabalhados os conflitos internos do grupo, em atividades de aquecimento, por meio de vivências. Os profissionais terão a oportunidade de cuidarem de si mesmos, pensar, sentir, fazer automassagem, refletir sobre o autocuidado na vida deles.

Em seguida, a abordagem envolve os vínculos dos servidores com relação à clientela. A terceira etapa compreende a dramatização, onde o grupo irá trazer os temas importantes para a realização do trabalho. “Psicodrama é uma técnica do teatro espontâneo que trabalha o tratamento de grupos. É um trabalho de cuidado com o cuidador. As unidades trabalham em rede. Então, trabalhar em equipe não é uma escolha, é uma necessidade. Mas, ninguém ensina como isso deve ser feito. Então, o psicodrama dá essa oportunidade de viver e de estar em grupo’’, explica Jane Vasconcellos, psicodramadista informação.

O secretário de saúde, Norberto Fabri e a coordenadora da saúde mental, Simone Marega marcaram presença na abertura do evento, que ocorreu no auditório da Prefeitura Municipal. Na ocasião, o gestor mais uma vez destacou a preocupação do governo municipal com o bem estar dos profissionais que atuam na rede municipal de saúde. “Para cuidar do outro é preciso estar bem consigo mesmo. Esse momento é importante para resolver os conflitos e problemas que, eventualmente, possam a vir atrapalhar o desempenho profissional dos nossos colaboradores, prejudicando a qualidade no atendimento dos usuários”.

Definição

O Psicodrama é um método de ação profunda e transformadora, que trabalha tanto as relações interpessoais como as ideologias particulares e coletivas que as sustentam. Sua aplicação é uma das mais eficientes e criativas nos campos da saúde, da educação, das organizações e dos projetos sociais.

Fonte: (http://www.sedes.org.br)