Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Dezenas de pessoas com patologias ortopédicas, posturais e necessidades especiais já foram beneficiadas nos últimos anos

Cb image default
João Cláudio 

A Secretaria Municipal de Saúde entregou nesta manhã (23), órteses, próteses, calçados anatômicos, mesas educacionais e meios auxiliares de locomoção para 12 pacientes com necessidades especiais ou que necessitam de equipamentos especiais para locomoção, como aparelhos ortopédicos. Além disso, 8 pacientes tiraram medidas e serão beneficiados pelo programa.

A iniciativa é resultado de parceria entre a Prefeitura de Nova Andradina, APAE de Nova Andradina, CER/APAE (Centro Especializado em Reabilitação) de Campo Grande e Governo do Estado de MS, por meio da Secretaria Estadual de Saúde.  

Cb image default
João Cláudio

O fisioterapeuta Wellington de Matos Wanyerley, da Oficina Ortopédica Itinerante Terrestre do CER/APAE foi o responsável pelas novas medições feitas nos pacientes e também participou da entrega dos dispositivos disponibilizados a partir de prescrições médicas.

A APAE Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), e o CRENA (Centro Regional de Reabilitação de Nova Andradina), que prestam atendimentos a pessoas com deficiência no município, encaminham os pacientes que necessitam de órteses e cadeiras, conforme a necessidade individual dos usuários.

De acordo com o secretário da pasta, Arion Aislan, dezenas de pessoas com patologias ortopédicas, posturais e necessidades especiais já foram beneficiadas nos últimos anos. “São pacientes com doenças de coluna, lombar e tendinites e com AVC (Acidente Vascular Cerebral), além de fraturas e pós-operatórios”, explicou.

Cb image default
João Cláudio

João Victor Gonçalves Araujo, de 7 anos, esteve com a mãe Valdenice no CRENA para tirar medidas para a colocação de uma órtese nos pés que irá melhorar a articulação e dar condições de ficar em pé. O garoto é acompanhado pelo Dr. Emerson desde os 3 meses de vida e, desde então, recebe atendimento através do município. “Ele tinha 40 crises convulsivas por dia. Hoje tem de 8 a 13 por mês. O pessoal aqui trata com muito carinho do meu filho. A qualidade de vida dele melhorou muito”, diz em tom de agradecimento.

No ato da entrega dos aparelhos estavam presentes Wellington de Matos Wanyerley, técnico ortopédico responsável CER/APAE-Campo Grande, a fisioterapeuta da APAE, Michele Marques da Silva, o secretário Arion Aislan e representantes da saúde do município de Nova Andradina.

O tempo médio de entrega dos aparelhos é de 30 dias.