Nesta sexta feira (9) a Unidade Móvel estará estacionada no canteiro central da Avenida Moura Andrade para a realização de exames gratuitos

Cb image default
Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina, através da Equipe de Saúde Bucal, está realizando a Semana de Prevenção do Câncer Bucal, com o objetivo de alertar a população sobre os riscos dessa patologia, além de chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce.

A iniciativa tem o apoio da Secretaria Estadual de Saúde e do Conselho Regional de Odontologia do Mato Grosso do Sul.

Durante toda essa semana, estão sendo ministradas palestras educativas nas salas de espera das unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESFs) e no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), orientando e sensibilizando a população para os cuidados com prevenção da doença.

Nesta sexta- feira (8), das 08h às 17h, a equipe estará com a unidade móvel estacionada no canteiro central da Avenida Joaquim Moura Andrade, na altura do Supermercado Paraíso. Neste local serão realizados exames clínicos gratuitos com foco no diagnóstico precoce do câncer bucal, orientações de prevenção e a distribuição de material educativo.

A coordenadora de saúde bucal do município, Melissa Araújo, faz um convite à população participe das ações de exame clínico e prevenção. “O câncer de boca tem cura se diagnosticado e tratado nas fases iniciais. Visite o dentista regularmente e se cuide?”, alerta.

As 9 unidades básicas de saúde contam com atendimento odontológico. Casos mais complexos são encaminhados para tratamento no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

Saiba mais

O Câncer de Boca é um tumor maligno que acomete lábios, gengiva, bochechas, céu da boca (palato), língua principalmente as bordas, assoalho da boca (região embaixo da língua). Segundo dados do INCA – Instituto Nacional de Câncer, o estado do Mato Grosso do Sul aparece em 2º lugar entre os estados com maior incidência de câncer de boca no Brasil, sendo o 5º câncer que mais acomete a população masculina e 12º na população feminina.

O fumo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas são os principais fatores de risco. Quanto maior o número de cigarros e de doses de bebidas alcoólicas ingeridas, e esses dois fatores associados maiores são as chances de ter a doença. Além disso a exposição ao sol sem proteção é um fator de risco para desenvolvimento de câncer de lábio. Outro fator de risco é o vírus HPV (Papiloma Vírus Humano), quando transmitido por sexo oral, está associado a casos de câncer na cavidade oral.

É importante que a população tenha cuidado com a higiene oral adequada, alimentação saudável, uso de protetor solar, vacinação dos adolescentes e o uso de preservativos. Atenção com aftas ou feridas, verrugas, manchas ou placas brancas, vermelhas ou escura, sangramento sem causa conhecida que não despareçam em 15 dias, é necessário que procure o dentista da sua unidade de saúde – ESF.