Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

As salas de vacinas também irão imunizar contra o sarampo e efetuar a atualização da carteira de vacinação de crianças e adultos

Começou nesta segunda-feira (5), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças de até 5 anos. A mobilização vai até o dia 30 de outubro em postos de saúde de todo o país. Os órgãos de saúde alertam que a população deve procurar o serviço mesmo com a pandemia de covid-19, pois a vacina é de extrema importância para manter as crianças imunes à doença. No sábado (17), a vacinação será reforçada com o dia de mobilização nacional.

Cb image default
Divulgação

Nesta mesma data, iniciou a campanha nacional de multivacinação. Crianças e adolescentes menores de 15 anos, não vacinados ou com esquemas incompletos de qualquer vacina, devem comparecer às unidades de saúde para atualizar a caderneta de vacinação ou introduzir novas vacinas que poderão surgir.

Um exemplo prático da multivacinação é a vacina Meningocóccica ACWY, que entrou no calendário de vacinação do adolescente substituindo a Meningocóccica C. Portanto, mesmo aqueles adolescentes que já foram imunizados com a C devem receber o reforço como a Meningocóccica ACWY, por ser mais completa.

Já na campanha contra a pólio, a meta é imunizar 95% onde o público alvo, ou seja, crianças entre 1 ano a menor que 5 anos (4 anos 11 meses e 29 dias). Assim, no município a expectativa é que 3.046 crianças recebem a dose. Mesmo quem já foi imunizado e esteja com a caderneta de vacinação em dia, deve receber 02 (duas) gotinhas como forma de reforço para evitar que o vírus da Poliomielite volte a circular no país.

Todas as unidades de saúde estarão abertas no Dia D de Mobilização Nacional

O dia “D” de Mobilização Nacional será no dia 17 de outubro, onde todas as unidades de saúde irão funcionar para não gerar filas e aglomerações, conforme protocolos de trabalho estipulados em decorrência da pandemia do COVID-19.

Juntamente com essas duas campanhas, as salas de vacinas continuam imunizando os adultos entre 20 a 49 anos contra o sarampo. Dessa forma, quando os pais ou responsáveis forem levar seus filhos para serem vacinados, aproveitem e atualizem suas respectivas cadernetas de vacina, recebendo essa dose da vacina e atualizando outras como Tétano, Hepatite B, etc...

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, solicita ainda para que todas as pessoas que forem utilizar os serviços de imunização levem não só a caderneta de vacinação como também o cartão do SUS, para registro dos dados, bem como, dar agilidade no atendimento.