Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

Equipe distribuiu panfletos aos alunos do 5º ano do ensino fundamental de Nova Andradina com relação a essas doenças transmissíveis

Cb image default
Divulgação

Durante a semana de 16 a 20 de Abril, a equipe de vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Nova Andradina distribuiu panfletos com orientação sobre como prevenir a propagação de doenças transmissíveis como Conjuntivite e H1N1.

O ditado popular “melhor prevenir do que remediar” se aplica bem a esta atividade. Este trabalho foi realizado com alunos do 5º ano do ensino fundamental de todas as escolas existentes no município.

Segundo especialistas, o surto da gripe H1N1 pode vir acompanhado por outro de conjuntivite viral. Isso porque, um estudo mostra que 61% das pessoas contaminadas pelo vírus também apresentam conjuntivite. A queda da imunidade e o fato dos olhos serem órgãos externos explica a incidência, embora a inflamação ocular também possa ocorrer isoladamente. Por isso, só quando a conjuntivite aparece junto com tosse e febre sinaliza gripe H1N1.

“Diante do surto de Conjuntivite, com mais de 500 casos no município e a chegada do período da Influenza, verificamos a necessidade de ir até as escolas para fazer esta campanha preventiva”, explica o secretário Norberto Fabri.

E complementa: “Pedimos aos alunos que fossem nossos multiplicadores e falassem aos colegas e familiares para adotar hábitos simples como a lavar as mãos com frequência, usar álcool em gel, tossir protegendo boca e nariz com um lenço, e ingerir bastante água para manter a hidratação. Essas medidas fazem muita diferença no dia-a-dia das pessoas”, alertou o secretário.