Acessibilidade
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte
Limpar Configurações

ponte sobre o Córrego Umbaracá foi denominada "Ponte Rinaldo Francisco de Freitas"

Cb image default
foto: João Claudio

Com as bênçãos de Deus, o Governo Municipal vence mais um desafio importante: a construção e entrega da ponte sobre o Córrego Umbaracá, denominada Rinaldo Francisco de Freitas. Com isso, a passagem de veículos foi liberada na segunda alça do anel viário e o tráfego pesado está definitivamente desviado do perímetro urbano.

Cb image default
foto: João Claudio

A obra foi entregue à população oficialmente na manhã deste sábado, dia 01 de maio, dia dos trabalhadores, com a presença do prefeito Gilberto Garcia, acompanhado da primeira dama, Joana Darc Bono Garcia, do presidente da Câmara, Leandro Fedossi, vereadores Cida Valdez, Deildo Piscineiro, Arion Aislan, Fábio Zanata, Alemão da Semente, Sandro Hoicci, familiares de Rinaldo Francisco Freitas, que dá nome a ponte, representantes da ATNAN (Associação dos Transportadores Rodoviários), padre Itacir e o secretariado de governo.

O prefeito Gilberto Garcia dedicou a obra a todos os trabalhadores e, em especial, aos caminhoneiros que vivem boa parte da sua vida nas estradas, para por comida na mesa e dar uma vida digna a sua família. E destacou que é justamente um trabalhador deste segmento que emprestou seu nome a ponte.

“É uma justa homenagem ao Rinaldo, que foi um caminhoneiro da nossa cidade. Nas suas rotas de viagens, por onde ele passava, via o nome de pessoas nas pontes e viadutos e, agora, é o seu nome que estará eternizado neste local”, frisou. 

Cb image default
foto: João Claudio

Gilberto fez questão ainda de agradecer a todos que colaboraram na viabilização desta obra, custeada 100% com recursos próprios do município, no valor de R$ 1,49 milhão.

“Temos que reverenciar o esforço da nossa equipe de trabalho, da Câmara Municipal, pois foi uma economia que vereadores da legislatura passada fizeram e nos ajudou nesta conquista. O maior legado que fica com a ponte é a liberação do anel rodoviário, desviando o tráfego de veículos pesados de dentro da cidade, especialmente nas avenidas Eurico Soares e Ivinhema e na rua Espírito Santo. Isso significa segurança e tranquilidade aos moradores desta região, estudantes, pedestres e usuários dessas vias”, ressaltou o prefeito.

Cb image default
foto: João Claudio

A filha de Rinaldo deu um testemunho da história do seu pai, que por muitos anos foi caminhoneiro, sendo homenageado através de um projeto de lei do vereador Deildo Piscineiro. “É uma grande honra para nós da família esta homenagem, pois o seu nome será sempre lembrado. A rota do caminhão do meu pai será sempre aqui”, agradeceu Maria Isabel.

A partir de agora, todos os caminhões podem utilizar a segunda alça do anel rodoviário para seguir rumo a rodovia MS 134 e MS 276, devolvendo ao povo de Nova Andradina a tranquilidade, segurança, paz e esperança de que nenhuma vida será mais ceifada, devido ao fluxo de veículos pesados na área central da cidade.